Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da mediação da e 5-HT do filtro sensório-motor e do processamento de informações condicionadas de medo em um modelo animal de transtorno obsessivo compulsivo

Processo: 13/04741-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 14 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Marcus Lira Brandão
Beneficiário:Adriano Edgar Reimer
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/21357-9 - Investigação de circuitos neuronais e marcadores biológicos envolvidos no transtorno obsessivo-compulsivo por meio de paradigmas comportamentais de medo e ansiedade, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):15/20487-7 - Extinção do medo em um modelo animal de transtorno obsessivo-compulsivo: influência de diferenças de sexo e ciclo estral, BE.EP.PD
Assunto(s):Transtorno obsessivo-compulsivo   Dopamina   Serotonina   Comportamento defensivo animal   Labirinto em cruz elevado

Resumo

Processos de aprendizado associativo foram sendo selecionados na escala evolutiva, visto que permitiram que as presas antecipassem a presença do predador ou outros estímulos aversivos. Por outro lado, através de mecanismos mal-adaptativos o animal pode antecipar comportamentos de medo através de comportamento de autolimpeza ou outras formas de respostas estereotipadas, que têm sido consideradas reações de defesa mal-adaptativas e que podem estar subjacentes à neurobiologia dos vários transtornos de ansiedade, incluindo o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Alguns modelos de TOC têm sido propostos na literatura e o comportamento de autolimpeza mostra-se como um componente importante em vários deles. Neste contexto, sabe-se que a amígdala atua como um filtro sensorial no processamento de informações aversivas que chegam do meio. A amígdala e outras estruturas límbicas junto a outras áreas do neocórtex constituem o chamado sistema encefálico da aversão e alimentam os núcleos da base que constituem o sistema de seleção da resposta motora adequada para cada situação. Porém, pouco se conhece sobre a interação funcional entre este sistema encefálico de aversão com a chamada interface límbico-motora, em especial os núcleos da base. É possível que prejuízos no funcionamento do sistema encefálico de aversão, particularmente da amígdala, determinem uma desregulação temporária dos efetores motores do comportamento. Em razão disso, a ênfase da pesquisa nessa área tem se deslocado da análise isolada da expressão do comportamento defensivo para abordagens integradas que consideram os mecanismos envolvidos na análise da informação, em termos sensoriais e perceptuais. No presente projeto vamos examinar o funcionamento do "sensorimotor gating" (inibição pré-pulso) e a reatividade a estímulos condicionados de medo (sobressalto potencializado pelo medo) em ratos previamente selecionados no teste do labirinto em cruz elevado quanto à frequência na emissão de comportamentos de auto-limpeza. Para avaliar a interface límbico-motora, animais receberão microinjeção de ocitocina no núcleo central da amígdala (CeA) para a indução do comportamento de auto-limpeza e serão submetidos aos testes da inibição pré-pulso (IPP) e do sobressalto potencializado pelo medo (SPM). (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REIMER, ADRIANO EDGAR; DE OLIVEIRA, AMANDA RIBEIRO; DINIZ, JULIANA BELO; HOEXTER, MARCELO QUEIROZ; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; MILAD, MOHAMMED RAGIB; BRANDAO, MARCUS LIRA. Fear extinction in an obsessive-compulsive disorder animal model: Influence of sex and estrous cycle. Neuropharmacology, v. 131, p. 104-115, MAR 15 2018. Citações Web of Science: 3.
DE OLIVEIRA, AMANDA R.; REIMER, ADRIANO E.; REIS, FERNANDO M. C. V.; BRANDAO, MARCUS L. Dopamine D-2-like receptors modulate freezing response, but not the activation of HPA axis, during the expression of conditioned fear. Experimental Brain Research, v. 235, n. 2, p. 429-436, FEB 2017. Citações Web of Science: 6.
REIMER, ADRIANO EDGAR; DE OLIVEIRA, AMANDA RIBEIRO; DINIZ, JULIANA BELO; HOEXTER, MARCELO QUEIROZ; CHIAVEGATTO, SILVANA; BRANDAO, MARCUS LIRA. Rats with differential self-grooming expression in the elevated plus-maze do not differ in anxiety-related behaviors. Behavioural Brain Research, v. 292, p. 370-380, OCT 1 2015. Citações Web of Science: 11.
DE OLIVEIRA, AMANDA R.; REIMER, ADRIANO E.; BRANDAO, MARCUS L. Mineralocorticoid receptors in the ventral tegmental area regulate dopamine efflux in the basolateral amygdala during the expression of conditioned fear. PSYCHONEUROENDOCRINOLOGY, v. 43, p. 114-125, MAY 2014. Citações Web of Science: 5.
COLOMBO, ANA CAROLINE; DE OLIVEIRA, AMANDA RIBEIRO; REIMER, ADRIANO EDGAR; BRANDAO, MARCUS LIRA. Dopaminergic mechanisms underlying catalepsy, fear and anxiety: Do they interact?. Behavioural Brain Research, v. 257, p. 201-207, NOV 15 2013. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.