Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da patogenicidade das espécies do complexo C. parapsilosis utilizando modelos invertebrados de infecção

Processo: 13/07405-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Arnaldo Lopes Colombo
Beneficiário:Ana Carolina Remondi Souza
Supervisor no Exterior: Eleftherios Mylonakis
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Brown University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:12/04769-4 - Complexo Candida parapsilosis: peculiaridades epidemiológicas, virulência e mecanismos de resistência aos antifúngicos, BP.DR
Assunto(s):Micologia   Candidemia   Virulência   Caenorhabditis elegans   Galleria mellonella

Resumo

Candida spp. responde pela grande maioria dos casos de infecções fúngicas invasivas hospitalares. Embora C. albicans seja a espécie mais prevalente nos episódios de candidemia, nas últimas duas décadas muitas outras espécies de Candida têm emergido como patógenos de importância clínica. Neste contexto, C. parapsilosis é a segunda espécie de Candida mais isolada em hospitais da América Latina e de alguns países da Europa. Desde 2005, quando C. parapsilosis foi reclassificada em três diferentes espécies, C. parapsilosis (sensu stricto), C. orthopsilosis e C. metapsilosis, poucos estudos avaliaram possíveis diferenças na patogenicidade das três diferentes espécies deste complexo. Dessa forma, ainda permanece em aberto se o conhecimento acumulado em relação às infecções por C. parapsilosis (sensu lato) pode ser extrapolado para as demais espécies do complexo. Neste cenário, o presente projeto tem como objetivos: 1) Avaliar a curva de sobrevivência de invertebrados infectados por isolados das três diferentes espécies do complexo C. parapsilosis; 2) Avaliar o fitness das diferentes espécies do complexo C. parapsilosis; 3) Caracterizar os fatores de virulência expressos por isolados pertencentes ao complexo C. parapsilosis, durante o desenvolvimento da infecção; 4) Avaliar a eficácia terapêutica in vivo dos antifúngicos utilizados no tratamento das infecções provocadas por espécies do complexo C. parapsilosis; 5) Comparar a capacidade de formação de biofilme das espécies do complexo C. parapsilosis; 6) Avaliar a resposta do hospedeiro frente à infecção provocada pelas três espécies pertencentes ao complexo C. parapsilosis. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REMONDI SOUZA, ANA CAROLINA; FUCHS, BETH BURGWYN; ALVES, VIVIANE DE SOUZA; JAYAMANI, ELAMPARITHI; COLOMBO, ARNALDO LOPES; MYLONAKIS, ELEFTHERIOS. Pathogenesis of the Candida parapsilosis Complex in the Model Host Caenorhabditis elegans. GENES, v. 9, n. 8 AUG 2018. Citações Web of Science: 3.
SOUZA, ANA CAROLINA R.; FUCHS, BETH BURGWYN; PINHATI, HENRIQUE M. S.; SIQUEIRA, RICARDO A.; HAGEN, FERRY; MEIS, JACQUES F.; MYLONAKIS, ELEFTHERIOS; COLOMBO, ARNALDO L. Candida parapsilosis Resistance to Fluconazole: Molecular Mechanisms and In Vivo Impact in Infected Galleria mellonella Larvae. Antimicrobial Agents and Chemotherapy, v. 59, n. 10, p. 6581-6587, OCT 2015. Citações Web of Science: 38.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.