Busca avançada
Ano de início
Entree

Conservação energética no projeto e construção de edifícios

Processo: 13/07848-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Maximiliano dos Anjos Azambuja
Beneficiário:Marcela Pádua Silva
Supervisor no Exterior: Miguel José das Neves Pires Amado
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade Nova de Lisboa, Portugal  
Vinculado à bolsa:12/15451-5 - Estudo da resistência à tração paralela em lâminas de bambu com emendas dentadas (finger joints), BP.IC
Assunto(s):Arquitetura sustentável   Conservação de energia elétrica

Resumo

O presente trabalho pretende ser desenvolvido na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, Portugal, inserido no contexto dos trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de Estudos de Ordenamento do Território sob orientação do Professor Dr. Miguel José das Neves Pires Amado. Serão desenvolvidas atividades que aproximem a pesquisa vigente no Brasil ao tema Construções Sustentável, buscando maior conhecimento da aplicabilidade de materiais alternativos, em construções verdes. Tal trabalho possibilitará, maior conhecimento sobre conservação energética das etapas do processo de projeto e técnicas construtivas. O método abordado no estudo de caso pode ser definido como Descritivo, porque a pesquisa tem a intenção de descrever uma intervenção e o seu contexto real. Inicialmente serão considerados os trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de Estudos, além de periódicos, a fim de evidenciar o embasamento teórico. Na sequencia, serão identificadas as principais etapas do processo de projeto e técnicas que definem conservação energética, construção verde e as técnicas de implantação. As novas tecnologias, com base nas experiências vivenciadas no exterior, serão avaliadas. Para consolidar o estudo, iniciar-se-á o estudo de caso, por meio de visitas técnicas a obras edificadas com o conceito de sustentabilidade. (AU)