Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil de expressão de citocinas em pacientes infectados pelo HIV-1 submetidos ao tratamento com talidomida

Processo: 12/24798-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Ricardo Sobhie Diaz
Beneficiário:Nathaly Cristina Martos Gibaile
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Citocinas   Talidomida   HIV-1   Marcadores inflamatórios

Resumo

O HIV-1 é o principal causador da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (aids), caracterizada por baixa concentração de linfócitos T CD4+ e uma replicação viral elevada, levando ao aparecimento de doenças oportunistas. A maioria dos pacientes é tratada com antirretrovirais, os quais agem principalmente em mecanismos virais de infecção, visando diminuir a ativação celular, e com isso impedir o aumento da carga viral. Porém, existem casos em que os pacientes não respondem a esses tratamentos convencionais, e novos tipos de abordagens tiveram que ser feitas. Um dos fármacos agora estudados como possível terapia é a talidomida, a qual atua principalmente na expressão de várias citocinas inflamatórias, as quais são moléculas secretadas por várias células em resposta a um antígeno e atuam regulando diversas reações imunológicas e inflamatórias. Foi visto que a talidomida atua principalmente diminuindo a concentração de TNF-±, uma citocina muito expressa na infecção por HIV-1 por aumentar a replicação viral nas células hospedeiras. Será feita a análise da expressão de determinadas citocinas por um sistema de análise múltipla, o Luminex 200 xMAP. Essa análise feita em pacientes infectados por HIV-1 tratados com talidomida pode identificar quais citocinas estão tendo suas concentrações alteradas pela infecção, e em quais dessas moléculas o fármaco está atuando.