Busca avançada
Ano de início
Entree

Diagnóstico gestacional precoce pela abundância de transcritos de genes estimulados pelo interferon-tau em células imunes do sangue periférico em vacas de corte

Processo: 13/03174-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Guilherme Pugliesi
Beneficiário:Bruna Tiemy Miagawa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/03226-4 - Assinaturas da receptividade, AP.TEM
Assunto(s):Fisiologia da reprodução   Bovinos

Resumo

O reconhecimento materno da gestação, entre os dias 15 e 19 pós-ovulação, estabelece um dos principais desafios biológicos para a obtenção de índices reprodutivos satisfatórios em bovinos. A secreção de interferon-tau (IFN-tau) pelo concepto é primordial na manutenção do corpo lúteo e para estabelecer a gestação e estimula a maior abundância de genes específicos nas células imunes do sangue periférico em vacas de leite e ovelhas. Entretanto, não é conhececido como que a presença do concepto altera a expressão dos genes estimulados pelo interferon-tau (ISG) em vacas de corte. Desta maneira, o presente projeto objetiva: (1) avaliar a abundância de transcritos dos ISGs nas células imunes mononucleares do sangue periférico durante estágios iniciais de gestação em vacas de corte Bos Indicus; e (2) determinar a viabilidade da detecção de animais não-gestantes através da expressão de ISGs entre o 12º e 20º dia pós-IA. Para cumprir estes objetivos, vacas de corte terão o ciclo estral manipulado farmacologicamente e as ovulações sincronizadas para inseminação artificial em tempo fixo. As concentrações de progesterona, abundância de transcritos de genes estimulados pelo IFN-tau nas células imunes mononuclares do sangue periférico e o tamanho e fluxo sangúineo luteal serão mensurados entre o 8º e 30º dia pós-inseminação. Espera-se, estabelecer marcadores moleculares precoces do estado gestacional em vacas de corte Bos Indicus.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.