Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de caldo de cana como adjunto na produção de cervejas Lager e Ale

Processo: 13/08650-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:João Batista de Almeida e Silva
Beneficiário:Raquel Aizemberg
Supervisor no Exterior: Guido Aerts
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Leuven (KU Leuven), Bélgica  
Vinculado à bolsa:11/23657-0 - Emprego do caldo de cana e do melado como adjunto do malte de cevada na produção de cervejas, BP.DR
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Cerveja   Fermentação

Resumo

Os consumidores brasileiros preferem cervejas do tipo pilsen (lager), no entanto os belgas consomem mais cervejas do tipo ale. No Brasil, há um crescente aumento do interesse e consumo de cervejas ales, dentre as quais as belgas se inserem. Dessa forma, torna-se interessante a elaboração de 2 tipos de cervejas, utilizando caldo de cana concentrado com adjunto, uma do tipo ale e outra do tipo lager. O caldo de cana é uma bebida muito consumida no Brasil e tem uma série de vantagens para ser utilizado como adjunto, pois possui muitos açúcares fermentescíveis além de minerais e aminoácidos. Dois tipos de cervejas serão produzidas com a mesma proporção de malte e caldo de cana a ser realizadas na Ghent Brewing School, cuja proporção será definida a partir de testes de análise sensorial realizados previamente no Brasil. Várias análises serão feitas nas duas cervejas elaboradas na Bélgica, para uma comparação físico-química e sensorial. Após a realização dos experimentos, será feita análise de componente principal (PCA). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
Inovações cervejeiras