Busca avançada
Ano de início
Entree

Projeto de um processador open-source em Bluespec baseado no processador soft-core Nios II da Altera

Processo: 13/09113-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Eduardo Marques
Beneficiário:Erinaldo da Silva Pereira
Supervisor no Exterior: João Manuel Paiva Cardoso
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade do Porto (UP), Portugal  
Vinculado à bolsa:11/15319-7 - Projeto de um processador open-source em Bluespec baseado no processador soft-core Nios II da Altera, BP.MS
Assunto(s):Engenharia de hardware   Computação reconfigurável   Computação de alto desempenho   Código aberto   Desenvolvimento de microprocessadores

Resumo

Este projeto de pesquisa propõe o desenvolvimento de um processador open-source baseado no processador Nios II da Altera. O processador a ser desenvolvido permitirá a customização de instruções, número de registradores, incluir componentes que possibilitem um estudo detalhado da memória cache, dentre outras características. Além disso, como o processador será baseado na arquitetura do Nios II, o mesmo será integrado ao ambiente Qsys da ferramenta Quartus II da Altera, sendo possível utilizar todo o conjunto de IP (Propriedade Intelectual) e ferramentas disponíveis pela Altera. Assim, este trabalho tem como propósito colaborar com o desenvolvimento de arquiteturas de hardware com uma unidade de processamento configurável, customizavél, possibilitando utilizar um legado de ferramentas pré-concebidas e pré-testadas, estando tudo isso apoiado em metodologias recentes para acelerar o processo de desenvolvimento de hardware, baseadas em ESL (Electronic System Level). Para o desenvolvimento do processador será utilizada a Linguagem de Descrição de Hardware Bluespec, pois possibilita que o hardware descrito possa ser sintetizável em circuitos integrados do tipo FPGA (Field-Programmable Gate array). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.