Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre o consumo alimentar, perfil metabólico e estresse oxidativo em pacientes com psoríase e artrite psoriásica

Processo: 12/18789-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Marcelo de Medeiros Pinheiro
Beneficiário:Beatriz Figueiredo Leite
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse oxidativo   Artrite psoriásica   Reumatologia   Psoríase   Síndrome metabólica

Resumo

A psoríase (Ps) e a artrite psoriásica (AP) estão associadas com maior risco de síndrome metabólica (SMet), adiposidade corporal e mortalidade cardiovascular. Em todas essas condições há incremento do estresse oxidativo e a inflamação é apontada como um dos principais mecanismos fisiopatogênicos envolvidos. No entanto, pouco se sabe sobre a influência da dieta e dos micronutrientes sobre os principais desfechos dessas doenças. Objetivos: comparar o perfil nutricional e metabólico de pacientes com Ps e AP em atividade. Pacientes e métodos: serão incluídos 80 pacientes com Ps e 80 pacientes com AP, por meio de estudo transversal. Pacientes com doenças hepáticas, pulmonares e renais crônicas serão excluídos, bem como aqueles em tratamento nutricional prévio ou em uso de medicações anabolizantes e consumo de suplementos protéicos, vitamínicos ou de antioxidantes. As características da doença e os fatores de risco para SMet, bem como detalhes das doenças concomitantes e medicações associadas serão avaliados por meio de questionário padrão. O consumo alimentar será estudado pelo registro alimentar de três dias, incluindo um dia do final de semana, e a ingestão diária de energia, macro e micronutrientes serão calculados utilizando o programa NDSR. Além disso, serão verificados dados antropométricos, atividade física e a composição corporal (DXA; GE-Lunar, DPX-MD+). Os valores de corte propostos pelo IDF (2006) serão usados para a classificação da SMet. A atividade e gravidade da doença serão avaliadas por meio do PASI (Psoriasis Area Severity Index), DAS28 (Disease Activity Score) e HAQ (Health Assessment Questionnaire). Além disso, a avaliação bioquímica incluirá análise do anti-LDL e anti-LDLoxidada, insulina, adiponectina, apolipoproteína A e B, RAGE. Para a análise estatística, serão usados média e desvio-padrão, teste Kolmogorov-Smirnov, teste t-student, correlação de Pearson, teste Qui-quadrado ou teste exato de Fisher. O valor de significância será p<0,05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEITE, BEATRIZ FIGUEIREDO; MORIMOTO, MELISSA APARECIDA; GOMES, CARINA; DE CARVALHO KLEMZ, BARBARA NASCIMENTO; GENARO, PATRICIA DE SOUZA; TEIXEIRA DAMASCENO, NAGILA RAQUEL; SZEJNFELD, VERA LUCIA; PINHEIRO, MARCELO DE MEDEIROS. Higher bodily adiposity, fat intake, and cholesterol serum levels are associated with higher disease activity in psoriatic arthritis patients: is there a link among fat and skin and joint involvement?. LIPIDS IN HEALTH AND DISEASE, v. 19, n. 1 FEB 7 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.