Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do metabolismo de carboidratos de cães da Raça Golden Retriever portadores e afetados pela distrofia muscular progressiva (GRMD)

Processo: 13/01191-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Ambrósio
Beneficiário:Andressa Rodrigues Amaral
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Cães   Patologia veterinária   Atrofia muscular   Glicemia   Glicose   Insulina

Resumo

A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é a forma mais comum de distrofia muscular e a distrofia muscular canina (CXMD) compartilha similaridades genéticas e morfológicas com a DMD. O modelo experimental canino golden retriever portador da Distrofia Muscular (GRMD) é o melhor entre os modelos animais para estudar a DMD. Tanto a DMD quanto a GRMD são doenças de herança recessiva ligada ao cromossomo X que afetam músculos esqueléticos, lisos, coração e cérebro. O músculo esquelético representa aproximadamente 40% da massa corporal total de um individuo saudável e exerce papel primordial no metabolismo da glicose. Esse tecido é responsável por aproximadamente 30% do consumo energético, além de ser um dos principais tecidos responsáveis pela captação, liberação e estocagem de glicose. Considerando-se que cães acometidos por distrofia muscular apresentam perda expressiva de massa muscular, este projeto objetiva avaliar e comparar os parâmetros glicemia, insulinemia, sensibilidade insulínica e frutosamina sérica de cães golden retriever portadores e afetados pela GRMD. Serão utilizados 18 animais com idades entre dois e sete anos, sendo seis cães afetados pela GRMD, seis cães portadores do gene da GRMD e seis cães saudáveis. Para a avaliação dos parâmetros glicemia e insulinemia será empregado o teste pós-prandial de ingestão oral de alimento. A sensibilidade insulínica será avaliada pelo índice HOMA e as concentrações séricas de frutosamina serão avaliadas mediante o emprego de kits comerciais. Testes estatísticos paramétricos e não paramétricos serão empregados para a análise dos dados. Os resultados obtidos permitirão conhecer o comportamento glicêmico dos cães GRMD e, consequentemente, identificar possíveis alterações metabólicas referentes à homeostasia deste metabólito em animais distróficos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AMARAL, ANDRESSA R.; BRUNETTO, MARCIO A.; BROLIO, MARINA P.; CIMA, DANIELA S.; MIGLINO, MARIA A.; SANTOS, JOAO PAULO F.; AMBROSIO, CARLOS E. Abnormal carbohydrate metabolism in a canine model for muscular dystrophy. JOURNAL OF NUTRITIONAL SCIENCE, v. 6, NOV 23 2017. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.