Busca avançada
Ano de início
Entree

Semiótica da história em quadrinhos: teoria e história

Processo: 13/06701-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 16 de setembro de 2013
Vigência (Término): 15 de março de 2014
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Jean Cristtus Portela
Beneficiário:Jean Cristtus Portela
Anfitrião: Jacques Fontanille
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université de Limoges, França  
Assunto(s):Semiótica   História em quadrinhos   Semiologia da história em quadrinhos

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo inventariar e analisar metodologias de análise semiótica aplicadas ao estudo da história em quadrinhos (HQ), com a finalidade de estabelecer o estado de arte desses estudos no âmbito da semiótica contemporânea. A primeira etapa da pesquisa consiste no inventário e na descrição de análises de HQ que explicitamente empreguem conceitos da semiótica geral, esta compreendida como uma tradição que abarca os estudos semiológicos e semióticos da escola francesa, os estudos semióticos da escola americana e os estudos da tradição russa. A descrição proposta nessa primeira etapa de caráter mais geral consistirá na redação de sinópticos descritivos contendo: informações bibliográficas, HQ e/ou tema analisados e viés metodológico. A segunda e última etapa da pesquisa vai centrar-se na análise propriamente dita dos estudos sobre HQ na tradição semiótica francesa, que, em sua vertente semiológica, desde os anos 1960, e em sua vertente da semiótica discursiva francesa, desde os anos 1980, vem contemplando a HQ como objeto de estudo. Nossa hipótese é de que esta pesquisa possa fornecer informações relevantes para a compreensão e para a reformulação dos modelos de análise semiótica utilizados atualmente para a HQ e para as demais semióticas-objeto verbovisuais, além de revelar, em um domínio circunscrito, como se deu a evolução dos conceitos fundadores da semiótica discursiva em sua vertente plástica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JEAN CRISTTUS PORTELA. . Alfa, rev. linguíst. (São José Rio Preto), v. 59, n. 3, p. 605-633, Dez. 2015.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.