Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do MuRF1 e MuRF2 na capacidade de diferenciação de células musculares esqueléticas com potencial miogênico

Processo: 12/13315-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Anselmo Sigari Moriscot
Beneficiário:João Guilherme de Oliveira Silvestre
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema musculoesquelético   Regeneração muscular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:E3 ligases | MuRF | Músculo esquelético | regeneração | Biologia Celular e Molecular

Resumo

A via proteolítica proteassomal é reconhecidamente importante por participar do processo de atrofia muscular atuando em diversos estados de catabolismo muscular, como imobilização e denervação. No entanto, o papel desta via em outros aspectos da plasticidade muscular como a regeneração ainda é pouco conhecido. Dados não publicados de outro projeto em andamento do nosso grupo, mostram que camundongos duplo Knock out para MuRF1 e MuRF2 possuem capacidade regenerativa muscular esquelética extremamente deficiente, com comprometimento de células miogênicas, indicando que MuRFs podem ter um importante papel em proliferação e diferenciação celular. Além disso, nesse outro projeto observamos que músculos em regeneração de camundongos duplo knock out para MuRF1 e MuRF2 possuem figuras histológicas que se parecem com adipócitos brancos, levantando a possibilidade de MuRFs desempenharem um papel importante na diferenciação miogênica. O objetivo principal do presente estudo é compreender o papel de MuRF1 e MuRF2 no perfil de diferenciação das células musculares com potencial miogênico. Também pretendemos avaliar se MuRFs são importantes para manutenção do fenótipo de células musculares. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAMOS, G. V.; CRUZ, A.; SILVA, W. J.; ROZANSKI, A.; BAPTISTA, I. L.; SILVESTRE, J. G.; MORISCOT, A. S.. Thyroid hormone upregulates MDM2 in rat type I fibre: Implications for skeletal muscle mass regulation. ACTA PHYSIOLOGICA, v. 222, n. 4, . (12/13071-0, 10/50321-0, 17/09398-8, 12/13315-7, 12/22488-2, 15/04090-0)
J.G. SILVESTRE; I.L. BAPTISTA; W.J. SILVA; A. CRUZ; M.T. SILVA; E.H. MIYABARA; S. LABEIT; A.S. MORISCOT. The E3 ligase MuRF2 plays a key role in the functional capacity of skeletal muscle fibroblasts. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 52, n. 9, . (16/12941-2, 15/04090-0, 12/13315-7)
SILVESTRE, JOAO GUILHERME; BAPTISTA, IGOR LUCHINI; SILVA, WILLIAM JOSE; MORISCOT, ANSELMO SIGARI. The E3 Ligases MuRF1 and MuRF2 Play a Key Role in Skeletal Muscle Fibroblast Functional Capacity. FASEB JOURNAL, v. 30, p. 2-pg., . (12/13315-7)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVESTRE, João Guilherme de Oliveira. Papel do MuRF1 e MuRF2 sobre aspectos estruturais e funcionais de mioblastos e fibroblastos musculares esqueléticos.. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas (ICB/SDI) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.