Busca avançada
Ano de início
Entree

Biomarcadores da cardiomiopatia para distrofia muscular: estudo metabolômico e terapia farmacológica

Processo: 12/13577-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Maria Julia Marques
Beneficiário:Adriana Fogagnolo Mauricio
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Distrofia muscular de Duchenne   Fibrose   Biomarcadores   Morfologia animal

Resumo

A distrofia muscular de Duchenne (DMD), assim como a distrofinopatia no camundongo mdx, modelo experimental da DMD, é caracterizada pela falta da distrofina, fraqueza muscular progressiva e falência cardiorespiratória. Na falta da distrofina ocorre aumento do cálcio intracelular, mionecrose e fibrose nos músculos esquelético e cardíaco. Novos biomarcadores para a distrofia têm sido amplamente pesquisados visando acompanhar a evolução da doença, que tem se prolongado frente às novas terapias farmacológicas, genéticas e celulares. No presente estudo, realizaremos análise metabolomica do músculo cardíaco e do diafragma do camundongo mdx, com o objetivo de identificar biomarcadores distintos que possam ser relacionados à patologia do coração e/ou a do músculo diafragma. Utilizaremos o ômega-3, anti-inflamatório que se mostrou eficaz na proteção do músculo estriado esquelético distrófico contra mionecrose, como ferramenta para validar potenciais biomarcadores que venham a ser descritos. Adicionalmente, iremos verificar os efeitos do ômega-3 na cardiomiopatia do mdx. Além de implantarmos uma nova técnica (metabolomica) para a análise do músculo distrófico em nosso laboratório, pretendemos com este estudo descrever novas moléculas que possam sinalizar a patologia cardíaca e do músculo esquelético, diferencialmente, bem como sugerir o ômega-3 como terapia adicional para a cardiomiopatia distrófica. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, JULIANO ALVES; MAURICIO, ADRIANA FOGAGNOLO; MARQUES, MARIA JULIA; NETO, HUMBERTO SANTO. Dual Therapy Deflazacort/Doxycyclyne Is Better Than Deflazacort Monotherapy to Alleviate Cardiomyopathy in Dystrophin-Deficient mdx Mice. JOURNAL OF CARDIOVASCULAR PHARMACOLOGY AND THERAPEUTICS, v. 22, n. 5, p. 458-466, SEP 2017. Citações Web of Science: 2.
MAURICIO, ADRIANA FOGAGNOLO; DE CARVALHO, SAMARA CAMACARI; SANTO NETO, HUMBERTO; MARQUES, MARIA JULIA. Effects of dietary omega-3 on dystrophic cardiac and diaphragm muscles as evaluated by H-1 magnetic resonance spectroscopy: Metabolic profile and calcium-related proteins. CLINICAL NUTRITION ESPEN, v. 20, p. 60-67, AUG 2017. Citações Web of Science: 2.
MAURICIO, ADRIANA FOGAGNOLO; PEREIRA, JULIANO ALVES; NETO, HUMBERTO SANTO; MARQUES, MARIA JULIA. Effects of fish oil containing eicosapentaenoic acid and docosahexaenoic acid on dystrophic mdx mice hearts at later stages of dystrophy. NUTRITION, v. 32, n. 7-8, p. 855-862, JUL-AUG 2016. Citações Web of Science: 4.
MARANHAO, JULIANA BARROS; MOREIRA, DRIELEN DE OLIVEIRA; MAURICIO, ADRIANA FOGAGNOLO; DE CARVALHO, SAMARA CAMACARI; FERRETTI, RENATO; PEREIRA, JULIANO ALVES; SANTO NETO, HUMBERTO; MARQUES, MARIA JULIA. Changes in calsequestrin, TNF-alpha, TGF-beta and MyoD levels during the progression of skeletal muscle dystrophy in mdx mice: a comparative analysis of the quadriceps, diaphragm and intrinsic laryngeal muscles. International Journal of Experimental Pathology, v. 96, n. 5, p. 285-293, OCT 2015. Citações Web of Science: 7.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ADRIANA FOGAGNOLO MAURICIO. Biomarcadores da cardiomiopatia para distrofia muscular : estudo metabolômico e terapia com ômega-3. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.