Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação semi-automática e caracterização de lesões de substância branca no cérebro em imagens volumétricas de ressonância magnética

Processo: 12/21826-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 30 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica
Pesquisador responsável:Roberto de Alencar Lotufo
Beneficiário:Mariana Pinheiro Bento Leite
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/09122-4 - Análise e classificação de textura para detecção e caracterização de lesões na substância branca do cérebro em MRI, BE.EP.DR
Assunto(s):Reconhecimento de padrões

Resumo

As lesões na substância branca do cérebro, chamadas de hiperintensidades de substância branca, podem causar déficit funcional significativo e são comumente relacionadas com doenças psiquiátricas ou neurológicas. A análise atual dessas lesões é realizada manualmente por especialistas em imagens de ressonância magnética, e representa uma tarefa não-trivial, custosa e subjetiva. Dessa forma, a abordagem proposta tem por objetivo gerar uma ferramenta de auxílio na identificação e caracterização de tecidos lesionados na substância branca do cérebro, assim como possibilitar o acompanhamento de pacientes ao longo do tempo através de métricas estruturais extraídas das lesões previamente identificadas. A metodologia a ser desenvolvida irá combinar e propor técnicas nas áreas de processamento de imagens, como pré-processamento, segmentação, representação e descrição, e na área de reconhecimento de padrões, como caracterização, discriminação entre classes, classificação e predição, para solucionar o problema em questão.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEITE, MARIANA; RITTNER, LETICIA; APPENZELLER, SIMONE; RUOCCO, HELOISA HELENA; LOTUFO, ROBERTO. Etiology-based classification of brain white matter hyperintensity on magnetic resonance imaging. JOURNAL OF MEDICAL IMAGING, v. 2, n. 1 JAN-MAR 2015. Citações Web of Science: 10.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.