Busca avançada
Ano de início
Entree

Redações do Enem/2012: réplicas ativas nas múltiplas vozes

Processo: 13/02185-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Maria Inês Batista Campos
Beneficiário:Nathália Rodrighero Salinas Polachini
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dissertação   Autoria   Argumentação

Resumo

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), criado em 1998, fez parte das políticas de avaliação implantadas pelo governo Fernando Henrique Cardoso para avaliar o desempenho de estudantes concluintes e egressos do ensino médio, e se tornou um dos processos seletivos para o ingresso no ensino superior. A produção escrita, uma das exigências do concurso, solicita a elaboração de um texto dissertativo-argumentativo a partir da leitura de textos verbais e verbo-visuais, como, por exemplo, charges, infográficos e tirinhas. Partindo do conjunto das coletâneas de texto das propostas de redação no período 1998-2012, e de uma seleção amostral de redações de participantes do Enem 2010 e 2011, que constituem o corpus desta pesquisa, este projeto tem como objetivos (i) analisar os textos verbo-visuais oferecidos aos participantes a fim de investigá-los dentro do projeto discursivo da linguagem e ii) examinar as características da linguagem escrita apresentadas nas redações selecionadas. As perguntas de pesquisa que norteiam o projeto são: i) Que práticas letradas, subjacentes à proposta de redação, são necessárias para que o participante construa argumentos a partir da leitura dos textos verbo-visuais da coletânea? ii) Quais especificidades da linguagem escrita apresentadas nas redações analisadas revelam a adequação ou não às competências definidas pela matriz de redação do Enem? Diferente dos critérios utilizados pelos vestibulares tradicionais, a avaliação do Enem está estruturada por competências e habilidades e o conteúdo da prova se define a partir de Matrizes de referência em cinco áreas do conhecimento. Na redação, o Enem considera cinco competências que são referência para a correção da produção textual. A partir do tema apresentado, dos textos de apoio e do repertório cultural do candidato, espera-se que a reflexão em torno da questão proposta seja evidenciada com argumentos ao longo do desenvolvimento da dissertação. Assim sendo, o aluno deve demonstrar habilidades de domínio da norma culta, conhecimento do gênero dissertativo-argumentativo, seleção e articulação de informações, mecanismos linguísticos de coesão e coerência e indicações de autoria. À luz dos conceitos de "texto", "gênero do discurso" e "autoria" da Teoria dialógica do discurso de Bakhtin e o Círculo, e, articulando os conceitos de argumentação e letramento, a proposta é investigar as exigências de multiletramento presentes nas propostas de redação. A base teórica e metodológica deste trabalho está ancorada na perspectiva bakhtiniana cuja investigação das relações de significação se estabelece na relação com os diferentes discursos que entrecruzam os textos. A elaboração de um sólido referencial teórico baseado nos estudos de pesquisadores de diferentes universidades brasileiras, como Beth Brait (PUC-SP), Magda Soares (UFMG), Roxane Rojo (UNICAMP), Maria Inês Batista Campos (USP), entre outros, em torno da verbo-visualidade, letramento e argumentação, permitirá o aprofundamento da análise. Propõem-se um estudo das teorias linguísticas da argumentação, bakhtiniana e semiótica discursiva e a investigação dos documentos oficiais, permitindo a compreensão do Exame associado à ideia do acesso à escolarização a partir de um ensino transdiciplinar, cujo investimento proporciona o contato com diversas manifestações da linguagem.A análise documental buscará a sistematização das provas para que as regularidades e temáticas recorrentes possam ser identificadas. A inclusão de dados oficiais divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) exigirá um processo metodológico de análise de dados qualitativa, possibilitando a construção de um conjunto de categorias descritivas que serão combinadas e relacionadas com as questões da pesquisa. Os resultados a serem obtidos contribuirão para a reflexão em torno das práticas letradas e competências necessárias que garantem a proficiência na escrita dos alunos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
POLACHINI, Nathália Rodrighero Salinas. Redações do ENEM/2012: réplicas ativas nas múltiplas vozes. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.