Busca avançada
Ano de início
Entree

Leucograma e bioquímica sérica, com ênfase em proteínas de fase aguda, de cabras com mastite experimental causada por Staphylococcus aureus

Processo: 13/03795-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:José Jurandir Fagliari
Beneficiário:Hugo Bauab Brunetti
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Cabras   Mastite animal   Bioquímica sérica em animal   Biomarcadores

Resumo

O rebanho caprino médio no Brasil alcançou 9,3 milhões de cabeças no ano de 2010, colocando o país no primeiro lugar na produção de leite da espécie na América Latina. A principal afecção que prejudica a produção de leite é a mastite causada pela bactéria Staphilococcus aureus. Objetiva-se por este trabalho, avaliar o leucograma e o perfil bioquímico sérico, especialmente proteínas de fase aguda, em cabras experimentalmente infectadas nas glândulas mamárias com S. aureus e verificar possíveis biomarcadores para diagnóstico precoce da enfermidade na espécie. Para isto, serão avaliados 10 quartos mamários de 5 cabras da raça Saanen adultas. Após adaptação alimentar e de ambiente por 7 dias, os animais serão inoculados em um dos tetos com uma solução contendo as bactérias S. aureus e no outro teto solução salina estéril. As cabras serão submetidas ao exame clínico geral e, também, específico da glândula mamária, ao California Mastitis Test e contagem de células somáticas (CCS) da secreção láctea em 10 momentos, ou seja, 48hs antes da inoculação (M-2), 24hs antes da inoculação (M-1), imediatamente antes a inoculação (M0); 24hs (M1), 48hs (M2), 72hs (M3), 96hs (M4), 120hs (M5), 144hs (M6) e 168hs (M7) após a inoculação. Nos momentos supracitados, também será coletado sangue das cabras para análise do hemograma, concentrações plasmáticas de proteína total e fibrinogênio, bem como será realizado o perfil bioquímico sérico. Por fim, será realizada uma análise estatística dos resultados obtidos com o experimento. (AU)