Busca avançada
Ano de início
Entree

Revisão sistemática do gênero Mourasuchus (Alligatoroidea, Caimaninae), um dos crocodilos mais peculiares do mundo

Processo: 13/04516-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Paleozoologia
Pesquisador responsável:Annie Schmaltz Hsiou
Beneficiário:Giovanne Mendes Cidade
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/14080-0 - Os Squamata (Reptilia, Lepidosauria) do Cretáceo e Terciário (Paleogeno/Neogeno) das bacias Bauru, Aiuruoca e Acre: sistemática, evolução e paleoambientes, AP.JP
Assunto(s):Mioceno   América do Sul   Amazônia

Resumo

Mourasuchus é um gênero extinto de crocodilianos aligatoróideos, inserido no clado dos Caimaninae. Endêmico à América do Sul e composto por quatro espécies oriundas de depósitos do Mioceno Médio (M. atopus) e Mioceno Superior (M. amazonensis, M. nativus, M. arendsi), estes animais constituem uma das formas mais peculiares de crocodilos já conhecidas, sendo caracterizados por possuírem um rostro extremamente largo, longo e achatado, lembrando o "bico de um pato", com mandíbulas notavelmente fracas e esguias. Tais características, em conjunto com outras encontradas em ossos pós-cranianos, levaram estas espécies a serem inicialmente interpretadas como possuindo um hábito alimentar suspensívoro ou filtrador, ao invés de serem predadores ativos de grandes presas, como a maior parte dos crocodilianos. Apesar de suas chamativas peculiaridades, os Mourasuchus têm sido pouco estudados: a maioria das descrições morfológicas feitas foram demasiado sucintas, e as relações filogenéticas entre as espécies do grupo ainda não se encontram esclarecidas. A proximidade filogenética de Mourasuchus para com Orthogenysuchus olseni, uma forma norte-americana oriunda de depósitos eocênicos, levanta interessantes questões biogeográficas relativas à distribuição espacial desses táxons. Para que haja um melhor entendimento acerca de todas essas questões, seja da anatomia, taxonomia, filogenia e biogeografia deste peculiar grupo, faz-se necessário um estudo mais aprofundado de revisão sistemática das espécies de Mourasuchus, o que constitui o objetivo deste projeto.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CIDADE, GIOVANNE M.; SOUZA-FILHO, JONAS P.; HSIOU, ANNIE SCHMALTZ; BROCHU, CHRISTOPHER A.; RIFF, DOUGLAS. New specimens of Mourasuchus (Alligatoroidea, Caimaninae) from the Miocene of Brazil and Bolivia and their taxonomic and morphological implications. ALCHERINGA, p. 1-18, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
CIDADE, GIOVANNE M.; SOLORZANO, ANDRE; DANIEL RINCON, ASCANIO; RIFF, DOUGLAS; HSIOU, ANNIE SCHMALTZ. A new Mourasuchus (Alligatoroidea, Caimaninae) from the late Miocene of Venezuela, the phylogeny of Caimaninae and considerations on the feeding habits of Mourasuchus. PeerJ, v. 5, MAR 7 2017. Citações Web of Science: 5.
GODOY, PEDRO L.; BRONZATI, MARIO; ELTINK, ESTEVAN; MARSOLA, JULIO C. DE A.; CIDADE, GIOVANNE M.; LANGER, MAX C.; MONTEFELTRO, FELIPE C. Postcranial anatomy of Pissarrachampsa sera (Crocodyliformes, Baurusuchidae) from the Late Cretaceous of Brazil: insights on lifestyle and phylogenetic significance. PeerJ, v. 4, MAY 26 2016. Citações Web of Science: 12.
SOUZA, RAFAEL GOMES; CIDADE, GIOVANNE MENDES; CAMPOS, DIOGENES DE ALMEIDA; RIFF, DOUGLAS. NEW CROCODYLIAN REMAINS FROM THE SOLIMOES FORMATION (LOWER EOCENE-PLIOCENE), STATE OF ACRE, SOUTHWESTERN BRAZILIAN AMAZONIA. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 19, n. 2, p. 217-232, MAY-AUG 2016. Citações Web of Science: 6.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
Revisão sistemática do gênero Mourasuchus (Alligatoroidea, Caimaninae), com comentários sobre filogenia, biogeografia e paleoecologia de Caimaninae. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.