Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação tumorigênica de fibroblastos em co-cultura com linhagens tumorais mamárias e a resposta terapêutica com o uso da melatonina

Processo: 13/07546-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Debora Aparecida Pires de Campos Zuccari
Beneficiário:Larissa Bazela Maschio
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Microambiente tumoral   Oncologia experimental   Fibroblastos   Neoplasias mamárias   Angiogênese   Citocinas   Apoptose

Resumo

As neoplasias mamárias são os tumores mais comuns entre as mulheres e fêmeas caninas. O estudo dos mecanismos de controle da progressão tumoral tem evoluído nos últimos anos, e um número crescente de estratégias tem servido como ferramenta para novas pesquisas. Fibroblastos associados ao câncer (CAFs) são as células mais abundantes no microambiente tumoral, capazes de intermediar respostas inflamatórias através da secreção de quimiocinas, interleucinas e fatores de crescimento e assim atuarem na diferenciação e progressão tumoral. O hormônio melatonina tem sido associado a diversos mecanismos de ação com efeitos oncostáticos e oncoprotetores, além de atuar na redução da síntese de fibroblastos circundantes e células endoteliais no câncer de mama por regulação de citocinas presentes no microambiente tumoral. Assim, o objetivo desse estudo é avaliar a interação dos CAFs em co-cultivo com linhagens de câncer de mama metastática humana e canina a fim de verificar a expressão diferencial de proteínas relacionadas à angiogênese, apoptose e ao perfil diferencial de citocinas antes e após o tratamento com melatonina. Será realizado o tratamento com a melatonina em co-cultivo das linhagens MDA-MB231 e P-114 com CAFs e traçado um perfil dos principais fatores envolvidos nos processos de angiogênese, apoptose e das citocinas através das técnicas de Antibodie Array. Os resultados obtidos permitirão viabilizar a interação do microambiente tumoral com o crescimento de tumores associado ao uso da melatonina como agentes terapêuticos no câncer de mama.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MASCHIO-SIGNORINI, LARISSA B.; GELALETI, GABRIELA B.; MOSCHETTA, MARINA G.; BORIN, THAIZ F.; JARDIM-PERASSI, BRUNA V.; LOPES, JULIANA R.; LACERDA, JESSICA Z.; ROELA, ROSIMEIRE A.; BORDIN, NEWTON A.; CORREA, LIZANDRA A.; CARDOSO, JESSICA P.; PIRES DE CAMPOS ZUCCARI, DEBORA APARECIDA. Melatonin Regulates Angiogenic and Inflammatory Proteins in MDA-MB-231 Cell Line and in Co-culture with Cancer-associated Fibroblasts. ANTI-CANCER AGENTS IN MEDICINAL CHEMISTRY, v. 16, n. 11, p. 1474-1484, 2016. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.