Busca avançada
Ano de início
Entree

A adesão do paciente hipertenso ao tratamento: o uso da comunicação terapêutica associada à tecnologia educacional na promoção da saúde

Processo: 13/08928-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Grazia Maria Guerra
Beneficiário:Isabela Ribeiro Braga Fistarol
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/50559-1 - A adesao do paciente hipertenso ao tratamento:o uso da comunicacao terapeutica associada a tecnologia educacional na promocao da saude., AP.R
Assunto(s):Hipertensão   Comunicação em saúde   Educação em saúde   Tecnologia educacional

Resumo

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é um importante fator de risco para as doenças cardiovasculares e tem se tornado um problema comum de saúde pública no mundo decorrente do aumento da longevidade. O grande desafio para as próximas décadas será melhorar a adesão terapêutica dos portadores de doenças crônicas degenerativas. Verifica-se que a hipertensão tem sido considerada um fator de risco determinante para a incidência das doenças cardiovasculares, que direciona para o alto custo do tratamento no cenário da saúde pública brasileira, portanto a prevenção dos agravos a saúde passa a ser prioridade. Muitos pacientes com hipertensão não fazem as mudanças de comportamento necessárias em seu estilo de vida, não tomam medicações ou esquecem de tomar a medicação para a obtenção do efetivo controle da doença. O presente estudo tem o objetivo de avaliar o impacto de um programa de promoção em saúde utilizando a Comunicação Terapêutica e a associação de Tecnologia Educacionais Informatizadas por meio da telemedicina (Mobile Health e Web-game) na melhoria do comportamento da adesão do paciente ao tratamento. Este estudo tem o objetivo de avaliar o impacto do programa de Promoção à Saúde sobre a adesão terapêutica em pacientes hipertensos de difícil controle dos níveis pressóricos, com orientação individual por meio da consulta de Enfermagem a cada 20 dias, utilizando a abordagem da "Comunicação Terapêutica" associada à "Tecnologia Educacional" por um período de 120 dias. Para tanto o estudo será realizado com 50 pacientes, divididos aleatoriamente em dois grupos, de acordo com o atendimento de casos novos matriculados no Ambulatório da Unidade de Hipertensão do Instituto do Coração na Unidade do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. A amostra selecionada será de conveniência de acordo com os dias da semana estabelecidos conforme disponibilidade das pesquisadoras e da anuência dos pacientes. (AU)