Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade de vida em deglutição e disfagia orofaríngea em idosos acometidos por acidente vascular encefálico

Processo: 12/24453-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Giédre Berretin-Felix
Beneficiário:Leticia Sampaio de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos de deglutição

Resumo

Introdução: A disfagia orofaríngea é caracterizada pela anormalidade da transferência do bolo alimentar da boca para o estômago. Na população adulta e idosa a disfagia é mais comum associada ao acidente vascular encefálico (AVE). Vários estudos têm sido realizados com o propósito de compreender as características da deglutição de indivíduos acometidos por AVE, tanto por meio de exames clínicos, como instrumentais, demonstrando alta ocorrência de disfagia orofaríngea em casos pós AVE agudo, sendo poucas pesquisas voltadas ao estudo da deglutição em casos crônicos. Avaliar a qualidade de vida relacionada à deglutição permite analisar o impacto das alterações funcionais na vida dos indivíduos e é importante para compreensão de como o paciente lida com as dificuldades alimentares, possibilitando, ainda, o acompanhamento da evolução do processo terapêutico empregado.Objetivo: Verificar a influência do grau da disfunção da deglutição na qualidade de vida em deglutição em idosos acometidos por acidente vascular encefálico. Métodos: Para este estudo serão selecionados 30 pacientes idosos acometidos por AVE em fase crônica. Todos os indivíduos serão submetidos aos procedimentos de avaliação clínica e instrumental, sendo o último realizado utilizando-se a nasoendoscopia da deglutição. Serão testados alimentos de diferentes consistências e a partir dos resultados encontrado será classificada a gravidade do distúrbio em uma escala de 0 a 3. Além disso, será feita a aplicação do protocolo de qualidade de vida SWAL-QOL. Os resultados obtidos serão tabulados em banco de dados e submetidos à análise estatística pertinente, por meio da aplicação de testes de correlação entre os aspectos funcionais da deglutição e os escores da qualidade de vida em deglutição.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.