Busca avançada
Ano de início
Entree

Atlas de sustentabilidade aplicado ao contexto do etanol no Brasil: inovação em sistemas de informação de apoio à decisão

Processo: 13/00141-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 20 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Tadeu Fabricio Malheiros
Beneficiário:Alejandra Daniela Mendizábal Cortés
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/12981-1 - Modelação e álgebra de mapas para elaboração de um atlas de sustentabilidade focado ao contexto do etanol, BE.EP.DR
Assunto(s):Monitoramento ambiental   Indicadores de desenvolvimento sustentável   Tomada de decisão

Resumo

Com o início do milênio iniciou-se um novo ciclo de expansão canavieira para a produção de etanol. Entre 2003 e 2004, o Brasil aumentou a suas exportações em 259%. A tendência é que isto não mude nos próximos anos, considerando que tanto o mercado interno como externo estão optando pelo uso de biocombustíveis alternativos à gasolina. Principalmente pelas condições ambientais, o estado de São Paulo tem sido o principal afetado, ampliando a cultura da cana em áreas antes usadas para outros fins (pecuário e cultivo de grãos principalmente). Este crescimento vê-se comprometido a causa dos impactos ambientais e sociais, que por um lado levam ao mercado externo a colocar barreiras não econômicas ao etanol brasileiro e por outro diminui a qualidade de vida dos trabalhadores dos canaviais e a qualidade do meio ambiente do estado, além de propiciar a conversão de novas áreas naturais para o cultivo dos grãos e pastagem (ampliação da fronteira agrícola). Existem vários esforços por medir a sustentabilidade do setor apontando a certificação internacional, mas são esforços voluntários e unitários, ou seja, que não consideraram os impactos acumulativos e sinérgicos de toda a indústria sucroalcooleira. No nível internacional existem iniciativas como o projeto SENSOR que procuram estabelecer ferramentas ex ante para medir a sustentabilidade e gerar políticas sustentáveis. Neste projeto pretende-se a elaboração de um atlas no contexto da indústria da cana de açúcar como uma ferramenta de apoio à avaliação da sustentabilidade. Este tipo de análise permite incorporar indicadores territoriais e/ou qualitativos, em uma apresentação multidimensional, às vezes multitemporal, como base para a tomada de decisões. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CORTÉS, Alejandra Daniela Mendizábal. Atlas de avaliação de sustentabilidade: inovação em sistemas de apoio à tomada de decisão para o setor da cana-de-açúcar no Estado de São Paulo. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Engenharia de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.