Busca avançada
Ano de início
Entree

A vaidade de Dorian Gray: análise dialógica entre gêneros - o romance e o cinema no centro da cena

Processo: 13/01304-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Filosofia da Linguagem
Pesquisador responsável:Luciane de Paula
Beneficiário:Tatiele Novais Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Ideologia   Diálogo   Vaidade   Análise de conteúdo   Estudo comparativo

Resumo

O presente projeto se propõe a estudar a questão dos valores ideológicos e como estes influenciam na estética e no estilo constituintes dos discursos que se manifestam por meio de diferentes gêneros discursivos. Este projeto pretende analisar tanto o discurso romanesco de O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde; quanto de duas adaptações, de título homônimo, para cinema, da referida obra, sendo uma de 2009, de Oliver Parker; e outra de 1945, de Albert Lewin. O que norteia a reflexão deste projeto é a temática vaidade humana, uma vez que ela é central nos três textos que compõem o corpus da pesquisa. Por meio dela, é possível refletir acerca do quanto a linguagem é ideológica e, nas palavras do filósofo russo (Bakhtin), "reflete e refrata" valores sociais como representação em sua semiose, figurativizada de maneira diferente em cada obra, decorrente, tanto do estilo de cada autor-criador quanto da diferença de tempo-espaço (cronotopo) de cada produção, em especial, ao se levar em consideração que se tratam de gêneros discursivos (literatura - romance; e cinema - filme) distintos. A relevância deste projeto justifica-se por tentar proporcionar um estudo reflexivo acerca da dialogicidade da linguagem que possa contribuir com os estudos contemporâneos do discurso e do gênero. A ideia central é refletir acerca de valores sociais coletivos e individuais por meio da análise dos elementos linguísticos e translinguísticos dos discursos elencados como corpus da pesquisa, fundamentados nas concepções de diálogo, discurso, sujeito, cronotopo, signo ideológico e gênero da filosofia dialógica da linguagem do Círculo de Bakhtin. Acredita-se que tal pesquisa possibilite maior compreensão acerca da forma específica de realização de atos discursivos estilísticos de cada obra e de suas relações dialógicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)