Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação e caracterização filogenética de Coronavírus na biota de aves silvestres e sinantrópicas provenientes das Regiões Sul e Sudeste do Brasil

Processo: 13/03922-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Clarice Weis Arns
Beneficiário:Ricardo Durães de Carvalho
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Virologia   Viroses em animais   Coronavirus   Aves selvagens   Aves silvestres   Filogenia   São Paulo   Reação em cadeia da polimerase em tempo real   Epidemiologia veterinária   Ecologia molecular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Aves selvagens | Aves sinantrópicas | Caracterização | Coronavirus | Detecção | Estado de São Paulo | Virologia

Resumo

A grande diversidade de espécies nativas, sinantrópicas ou não, além das aves migratórias, potencialmente abriga uma ampla variedade de agentes bacterianos, fúngicos e virais, cuja identidade é praticamente desconhecida, podendo ser alvos para profundos estudos científicos. Além de representarem um manancial de biodiversidade, com potencial exploração científica e comercial, esses agentes podem representar potenciais riscos sanitários. Com isso, o presente estudo tem como foco identificar e caracterizar geneticamente os coronavírus circulantes em aves silvestres ou sinantrópicas nativas e em aves oceânicas migratórias no Estado de São Paulo. Amostras de suabes traqueais e cloacais serão coletadas de várias espécies de aves nativas silvestres e/ou sinantrópicas em centros de triagem do Estado; amostras de espécies de aves oceânicas serão coletadas em centros de triagem litorâneos. As amostras obtidas serão examinadas por meio da técnica de "Real Time RT-PCR multiprobe" para a presença de coronavírus pertencentes aos 3 gêneros (pancoronavírus). Os agentes identificados serão submetidos ao sequenciamento dos genes S, N e Pol seguido de análise filogenética. Além de constituírem um banco de dados representativos da biodiversidade do Estado, o estudo destes agentes virais será extremamente útil para a elucidação de trabalhos envolvendo epidemiologia e ecologia molecular.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DURAES-CARVALHO, RICARDO; CASERTA, LEONARDO C.; BARNABE, ANA C. S.; MARTINI, MATHEUS C.; SIMAS, PAULO V. M.; SANTOS, MARCIA M. B.; SALEMI, MARCO; ARNS, CLARICE W.. Phylogenetic and phylogeographic mapping of the avian coronavirus spike protein-encoding gene in wild and synanthropic birds. VIRUS RESEARCH, v. 201, p. 101-112, . (13/03922-6, 11/50919-5)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CARVALHO, Ricardo Durães de. Investigação e caracterização filogenética de Coronavírus na biota de aves silvestres e sinantrópicas provenientes das regiões Sul e Sudeste do Brasil. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia Campinas, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.