Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de parâmetros para a eletrodeposição de hidroxiapatita sobre nanotubos de carbono alinhados visando aplicações como arcabouços para crescimento ósseo

Processo: 13/09684-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Anderson de Oliveira Lobo
Beneficiário:Cintia Maria Rodrigues Rosa
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/17877-7 - Desenvolvimento de novos scaffolds poliméricos por eletrofiação com incorporação de nanotubos alinhados e nanohidroxiapatita para regeneração óssea, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):14/17134-2 - Eletrodeposição de hidroxiapatita em compósitos de nanotubos de carbono verticalmente alinhados e polímeros biorreabsorvíveis, BE.EP.IC
Assunto(s):Eletrodeposição   Hidroxiapatita

Resumo

Na medicina regenerativa, nanotubos de carbono verticalmente alinhados (VACNT), são de grande interesse. Moldes induzidos de nanohidroxiapatita (nHAp) também são de grande interesse na medicina ósseo-regenerativa. Assim uma combinação de ambas torna-se muito atraente para aplicações de regeneração óssea. Filmes de (VACNT) serão produzidos utilizando um reator de plasma de micro-ondas a 2.45GHz sobre substratos de Ti (10mmx10mmx1mm). A funcionalização dos VACNT, para a obtenção da superhidrofilicidade será realizada no Laboratório Associado de Sensores e Materiais utilizando tratamento a plasma utilizando o sistema de plasma DC-pulsado. A nHA será eletrodepositada no Laboratório de Nanotecnologia Biomédica. Serão utilizados como eletrólitos uma solução contendo Ca(NO3)2.4.H2O (2,5 mM) + NH4H2PO4 (1,5 mM). Para a eletrodeposição será utilizado um potenciostato da marca AUTOLAB, modelo PGSTAT128N. O eletrodo de referência será de Ag/AgCl e o contra-eletrodo será de platina. Os parâmetros de eletrodeposição serão variados de acordo com os dados a seguir: Temperatura do eletrólito - 23-900; Tempo - 20-120 minutos; pH - 4,8 - 7,4. Os nanocompósitos serão caracterizados utilizando análises morfológicas e estruturais, tais como: microscopia eletrônica de varredura, difractometria de raios X, espectroscopia dispersiva de raios X (EDX) e espectroscopia Raman. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
METOKI, N.; ROSA, C. M. R.; ZANIN, H.; MARCIANO, F. R.; ELIAZ, N.; LOBO, A. O. Electrodeposition and biomineralization of nano-beta-tricalcium phosphate on graphenated carbon nanotubes. SURFACE & COATINGS TECHNOLOGY, v. 297, p. 51-57, JUL 15 2016. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.