Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de 1,4-dihidroxi-2-naftoato preniltransferase (MenA) envolvida na via de vitamina K durante o desenvolvimento intra-eritrocítico de Plasmodium falciparum

Processo: 13/10105-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Alejandro Miguel Katzin
Beneficiário:Heloisa Berti Gabriel
Supervisor no Exterior: Dean C. Crick
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Colorado State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:10/19518-1 - Caracterização funcional de farnesil pirofosfato sintase (FPPs) e 1,4-dihidroxi-2-naftoato preniltransferase(MenA) envolvidas respectivamente na via de isoprenóides e da vitamina K durante o desenvolvimento intra-eritrocítico de P. falciparum, BP.DR
Assunto(s):Plasmodium falciparum   Vitamina K

Resumo

A malária é uma das principais e a mais disseminada das parasitoses humanas, se constituindo em um grave problema de saúde mundial, especialmente nos países africanos. Muitos esforços têm sido mobilizados nos últimos anos com o intuito de se desenvolver novas formas de tratamento e novos quimioterápicos contra a doença. A falta de uma vacina eficaz e o problema da resistência aos fármacos tem contribuído para o adiamento da solução do controle desta infecção. A busca de novos alvos biológicos tem se concentrado, em parte, na pesquisa e compreensão de novas vias metabólicas, sendo uma das abordagens a caracterização e localização de enzimas dessas novas vias, bem como a demonstração de terem uma função essencial no ciclo do parasita. Em P. falciparum identificamos a biossíntese das duas formas da vitamina K (filoquinona e menaquinona), provenientes das vias do chiquimato e da via MEP, assim como a biossíntese de ubiquinona (Ub7-8). Nossos estudos mostraram uma possível participação de MQ na cadeia respiratória do parasita em condições de anaerobiose e uma inibição em sua biossíntese decorrente do tratamento com Ro 48-8071(uma droga que inibe a enzima codificada pelo gene MenA em Mycobacterium tuberculosis na biossíntese de MQ). Este projeto tem como principal objetivo caracterizar o gene MenA da biossíntese de MQ, possível alvo do inibidor Ro 48-8071 e testar o efeito de possíveis inibidores desta enzima que podem atuar como potentes antimaláricos. Os resultados gerados poderão ajudar a compreender mais sobre os mecanismos de sobrevivência de P. falciparum, potencializando assim, novos alvos para drogas antimaláricas. (AU)