Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da capacidade antioxidante dos derivados dos ácidos hidroxibenzóico e hidroxicinâmico, em sistemas-modelo in vitro

Processo: 13/07119-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Iguatemy Lourenço Brunetti
Beneficiário:Bianca Taíse Roim Varotto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Antioxidantes   Estresse oxidativo

Resumo

Os ácidos fenólicos são metabólitos secundários de vegetais, presentes em muitas espécies vegetais. Há vários estudos que buscam comprovar as ações benéficas desses compostos no organismo humano, principalmente no que se refere à atividade antioxidante. O estresse oxidativo pode provocar sérios danos celulares, participando no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas e cânceres, entretanto, os ácidos fenólicos podem retardar ou inibir esses processos oxidativos. Para substanciar o estudo dessa propriedade, amostras derivadas do ácido hidroxibenzoico (ácidos: p-hidroxibenzóico, protocatéquico, gálico, siríngico e vanílico) e do ácido hidroxicinâmico (ácidos: p-cumárico, cafeico, ferúlico e sinapínico) serão analisadas pelas suas capacidades de capturar espécies reativas radicalares e não radicalares, comparando os resultados obtidos com padrões tais como a glutationa reduzida, uma biomolécula que participa do sistema antioxidante endógeno e o trolox, um análogo sintético solúvel da vitamina E, ambos com reconhecida capacidade antioxidante, bem como, deverá ser considerado nessa análise as diferenças estruturais entre as amostras. Tais análises serão realizadas via os ensaios de capacidade de captura sobre: 2,2'-azinobis-(3-etilbenzotiazolin-6-ácido sulfônico (ABTS*+), 2,2-difenil-1 picrilhidrazila (DPPH*), ânion radical superóxido (O2*-) , ácido hipocloroso/ hipoclorito (HOCl / OCl-), peróxido de hidrogênio (H2O2) e via o ensaio de clareamento (bleaching) da crocina. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.