Busca avançada
Ano de início
Entree

Flexibilidade no Brasil e os caminhos para a superação da crise

Processo: 13/11317-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Eliseu Savério Sposito
Beneficiário:Eliane Carvalho dos Santos
Supervisor no Exterior: Maria Pilar Alonso Logroño
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad de Lleida (UdL), Espanha  
Vinculado à bolsa:12/07547-2 - Regulação e flexibilidade no Brasil, BP.DR
Assunto(s):Brasil   Espanha   Flexibilidade

Resumo

Após um longo período de reestruturações nos setores econômicos em decorrência da crise do fordismo, podemos identificar novas diretrizes que estão configurando um quadro que combinam ações flexíveis para superar os entraves colocados pela crise. Nesse sentido, essas ações podem ser apreendidas a partir da análise da configuração das relações profissionais e da organização industrial, fundamentos que se territorializam a partir da combinação da base técnica com as normativas institucionais, principalmente as colocadas pelo Estado-nação. É desse modo que podemos compreender como está se configurando os caminhos para a superação da crise nos diferentes territórios e como esses princípios flexíveis partem de diferentes estratégias. Assim, em nossa pesquisa de doutorado buscamos analisar esse quadro complexo no Brasil contemporâneo. Para isso, combinamos nossas análises com essa proposta de estágio na Espanha com o objetivo de compreendermos a configuração da flexibilidade nesse país que está sofrendo de maneira avassaladora os impactos da crise do fordismo. Dessa forma, teremos mais exemplos e possibilidades de análise que fundamentarão de maneira mais consistente as análises da flexibilidade em suas diferentes manifestações na realidade atual. (AU)