Busca avançada
Ano de início
Entree

Aceitação e rejeição de alunos por seus professores em diferentes níveis escolares

Processo: 13/02197-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Márcia Helena da Silva Melo Bertolla
Beneficiário:Sarah Izbicki
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Avaliação psicológica   Autopercepção   Interação professor aluno   Estudantes   Alunos   Professores

Resumo

A entrada na escola marca o início de um período crítico no desenvolvimento da criança, no qual colegas e professores passam a constituir figuras com quem ela pode formar relacionamentos e de quem pode obter suporte diário. Percepções, expectativas e preferências dos docentes podem ser influenciadas por diversas características dos estudantes (desempenho acadêmico, grau de conformidade a regras, status socioeconômico etc.) e são expressas pelos professores através de diferentes atitudes diante dos alunos, de modo a exercerem considerável influência no comportamento, na aprendizagem e na autopercepção desses jovens. Apesar da importância de se conhecer as relações professor-aluno em diferentes anos escolares, as investigações acerca do tema têm sido feitas, majoritariamente, com uma única série ou idade e, em geral, se referem a crianças cursando, no máximo, a 1ª série. O presente estudo propõe apresentar um quadro descritivo mais preciso dos dados referentes aos indicadores de rejeição e aceitação dos alunos por seus professores, avaliando-se possíveis diferenças em três anos escolares de níveis distintos de ensino. Será utilizado questionário em que os professores indicarão três alunos que manteria em sua classe e outros três que não manteria, explicitando os motivos para tais indicações. A partir da análise dos questionários - a serem aplicados em cerca de 90 professores igualmente distribuídos entre 1º ano do Ensino Fundamental I, 6º ano do Ensino Fundamental II e 1º ano do Ensino Médio -, espera-se uma ampliação do escopo de conhecimentos sobre as relações professor-aluno, possibilitando delineamentos de intervenções que v sem melhorá-las, a partir da modificação dos comportamentos dos envolvidos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
IZBICKI, Sarah. Aceitação e rejeição de alunos por seus professores em diferentes níveis escolares. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Psicologia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.