Busca avançada
Ano de início
Entree

O transporte do açúcar entre Pernambuco e Portugal: quantificação e dinâmica da economia do transporte no Atlântico português, 1759-1807

Processo: 13/08424-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Maximiliano Mac Menz
Beneficiário:Felipe Souza Melo
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):História econômica   Transporte   Açúcar   Mercantilismo

Resumo

O objetivo deste projeto é fazer uma análise do funcionamento e da dinâmica do transporte do açúcar entre 1759 e 1807 na capitania de Pernambuco. Partindo da hipótese de que existia uma separação entre o negócio do transporte (tráfego) e o negócio da mercadoria do açúcar (tráfico) e, portanto, dos grupos mercantis que comandavam as duas operações, pretende-se construir séries de cargas de açúcar e de fretes por meio da sistematização dos mapas de cargas de embarcações constantes na documentação do Projeto Resgate Barão do Rio Branco. Também serão quantificados o total de embarcações e de açúcar transportados por cada uma, o número de viagens por embarcação, os nomes dos capitães por embarcação e os proprietários dos navios procurando identificar os grupos mercantis que atuavam no negócio do transporte. Esta análise serial permitirá discutir possíveis rupturas e continuidades e as diferentes conjunturas nas duas classes de negócio, contribuindo para uma melhor compreensão da cadeia mercantil açucareira e da organização das comunidades de mercadores no Atlântico português.