Busca avançada
Ano de início
Entree

Realismo e formalismo como pólos de composição fílmica

Processo: 12/24507-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Cinema
Pesquisador responsável:Cristian da Silva Borges
Beneficiário:Lucas Bastos Guimarães Baptista
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Formalismo   Realismo   Composição musical   Trilha sonora de filmes

Resumo

Este projeto tem por objetivo o estudo da composição fílmica a partir da polarização entre realismo e formalismo. Através da comparação entre o pensamento de André Bazin e Hollis Frampton, busca-se delinear as características apontadas por eles como fundamentais no cinema. Além disso, serão analisados dois filmes (um de Roberto Rossellini, outro de Peter Kubelka) que servirão como exemplos de manifestações do realismo e do formalismo cinematográficos, de acordo com as diretrizes propostas pelos autores citados. Investigando a maneira pela qual as duas tendências se opõem, e quais aspectos relativos à composição são evidenciados por cada uma delas, o trabalho procura ainda uma possível complementaridade, uma abordagem que as considere igualmente como partes de um mesmo espectro. Sendo assim, o objetivo central consiste na busca por um terceiro filme, que represente características de ambas as tendências, a fim de que seja analisado e, a partir deste, possamos tornar claros os modos pelos quais casos menos extremos revelam ou problematizam a polaridade inicial.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BAPTISTA, Lucas Bastos Guimarães. Realismo e formalismo como pólos de composição fílmica. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.