Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da pleuropneumonia suína nos índices zootécnicos e no aproveitamento de carcaça em suínos (Sus scrofa) em fase de terminação

Processo: 13/07964-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Claudia Del Fava
Beneficiário:Talita Brombilla
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Actinobacillus pleuropneumoniae   Pleuropneumonia

Resumo

A suinocultura vem progredindo em grande escala, com uma maior tecnificação e assim possibilitando uma maior produção com estrutura e mecanismos desenvolvidos. Fatores ambientais, de manejo e concentração de animais predispõem o plantel a doenças respiratórias graves que acarretam sérios prejuízos econômicos pela perda de animais. Dentre as pneumonias bacterianas de importância, encontra-se a Pleuropneumonia Suína (PPS), doença causada pelo agente bacteriano Actinobacillus pleuropneumoniae e que se mostra muito presente em granjas, acometendo os animais e impedindo ganho de peso e desenvolvimento corpóreo, impedindo o abate desses animais no tempo adequado e possivelmente a condenação das carcaças dos contaminados. Dessa forma, a PPS é de suma importância economicamente e exige um estudo de avaliação das perdas que a mesma acarreta, bem como sua ocorrência. O presente trabalho propõe diagnosticar o A. pleuropneumoniae em suínos em fase de terminação por meio de sorologia (ELISA), anatomopatológico (macroscopia e microscopia), Reação em Cadeia de Polimerase (PCR) e cultivo microbiológico. Será avaliado o impacto da PPS, pela comparação entre animais infectados e não infectados, dos índices zootécnicos e perda de carcaça em abatedouro. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.