Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de lipossomas para aplicação dermatológica na prevenção e no tratamento da acne

Processo: 13/11532-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Paulo de Tarso Hennies
Beneficiário:Paulo de Tarso Hennies
Empresa:Libera Tecnologia e Inovação Ltda
Vinculado ao auxílio:12/50982-1 - Desenvolvimento de lipossomas para aplicação dermatológica na prevenção e no tratamento da acne, AP.PIPE
Assunto(s):Nanobiotecnologia   Dermatologia   Lipossomos   Propionibacterium acnes   Cosméticos

Resumo

A acne vulgar é a desordem mais comum da pele humana, cujos sintomas incluem a formação de comedões, pápulas, pústulas, nódulos, cistos e inflamações dos folículos pilo-sebáceos. Em função da sua elevada ocorrência e do seu significativo impacto psicossocial nos indivíduos por ela acometidos, diversos estudos têm sido conduzidos visando aprimorar o tratamento da acne. Neste sentido, o desenvolvimento de sistemas micro ou nanoparticulados para a encapsulação, direcionamento preferencial ao sítio biológico na pele e a liberação modificada de substâncias capazes de atuar contra um ou mais fatores causadores da acne representa uma abordagem inovadora e muito promissora para o tratamento da pele acneica. No presente projeto propõe-se a produção de lipossomas potencialmente aplicáveis na prevenção e no tratamento cosmético da acne. Nestes lipossomas serão incorporados ingredientes ativos adequados ao tratamento e à prevenção da acne leve a moderada. Além da determinação da atividade antimicrobiana contra o P. acnes, a caracterização dos lipossomas também será realizada quanto ao tamanho e polidispersidade das partículas, ao potencial zeta, à eficiência de encapsulação e à sua composição. Sua estabilidade físico-química será avaliada por estudo de estabilidade acelerada, no qual os lipossomas serão armazenados sob diferentes condições e avaliados periodicamente durante 90 dias quanto ao tamanho de partícula, pH e aspectos organolépticos. (AU)