Busca avançada
Ano de início
Entree

Construções-Q no português falado em Cabo Verde

Processo: 13/06629-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Língua Portuguesa
Pesquisador responsável:Marcia Santos Duarte de Oliveira
Beneficiário:Francisco João Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/06078-9 - A língua portuguesa no tempo e no espaço: contato linguístico, gramáticas em competição e mudança paramétrica, AP.TEM
Assunto(s):Cabo Verde

Resumo

Este projeto, ligado a um Projeto maior (Temático FAPESP "A Língua Portuguesa no Tempo e no Espaço: Contato Linguístico, Gramáticas em Competição e Mudança Paramétrica"), centra-se na descrição/análise de construções-Q na subvariedade do português caboverdiano falado por alunos que estudam no ensino superior em Cabo Verde que denominamos de 'Português Acadêmico Caboverdiano' - PAC. O PAC tem como substrato a língua crioula de Cabo Verde - CCV. As construções-Q a serem enfocadas no estudo dessa subvariedade são as perguntas-Q matriz, as relativas e as clivadas em interseção com relativas. No estudo dessas construções, adotamos o modelo sintático derivacional da teoria de fases em especial como se vê em Chomsky (2001), (2005), (2007) (no prelo). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LOPES, Francisco João. Análise morfossintática das construções-Wh no português falado em Cabo Verde. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.