Busca avançada
Ano de início
Entree

Milton Santos: um arquivo vivo para o diálogo interdiscilinar: o planejamento em debate

Processo: 13/50241-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:Jaime Tadeu Oliva
Beneficiário:Flávia Christina Andrade Grimm
Instituição-sede: Instituto de Estudos Brasileiros (IEB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estudos interdisciplinares   Pensamento social   Epistemologia   História do pensamento geográfico   História da geografia

Resumo

O presente projeto de pós-doutorado tem como finalidade aprofundar a pesquisa que venho realizando sobre o geógrafo Milton Santos (1926-2001). Dois objetivos principais o compõem: a) contribuir na organização e catalogação do arquivo pessoal de documentos do geógrafo Milton Santos, num trabalho conjunto com professores e o Serviço de Arquivo do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB | USP); b) realizar uma análise de documentos existentes no arquivo pessoal do geógrafo vinculados à discussão do planejamento, temática interdisciplinar muito cara ao autor ao longo de sua vida profissional e acadêmica. É proposto neste projeto "dar continuidade e aprofundar" a pesquisa sobre Milton Santos, visto que elaborei uma leitura sobre sua trajetória epistemológica, propondo uma análise e uma periodização de sua démarche pautadas no estudo sistemático e aprofundado de sua produção (livros, publicações menores, artigos e projetos editoriais realizados entre 1948 e 2001) durante a realização de minha tese de doutorado Trajetória epistemológica de Milton Santos. Uma leitura a partir da centralidade da técnica, dos diálogos com a economia política e da cidadania como práxis (2011). O acesso público ao arquivo de documentos de Milton Santos, intelectual com inegável importância para o pensamento social crítico brasileiro, deve incentivar uni maior conhecimento de seu processo de criação e teorização a partir de pesquisas que poderão se realizar junto às áreas de geografia, arquivologia, história das ideias, entre tantas outras, fomentando, assim, um diálogo interdisciplinar. (AU)