Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade dos Belytinae (Hymenoptera: Diaprioidea: Diapriidae) ao longo de um gradiente latitudinal de Mata Atlântica Ombrófila Densa

Processo: 13/03753-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Ferreira Brandão
Beneficiário:Alex Leite Quadros
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mata Atlântica   Diversidade

Resumo

Os Belytinae (Hymenoptera: Diaprioidea: Diapriidae) são parasitoides de larvas e pupas de Mycetophilidae e Sciaridae (Diptera). O conhecimento sobre a diversidade dessa subfamília no bioma Mata Atlântica é muito pequeno. Um dos objetivos do projeto será determinar a distribuição espacial da riqueza dessa subfamília ao longo de um gradiente latitudinal de Mata Atlântica Ombrófila Densa, que pode ou não estar de acordo com as tendências observadas na literatura. Outro objetivo será tentar obter uma explicação para esse padrão de riqueza. Adicionalmente será adotada uma medida morfométrica das espécies reconhecidas para avaliar se a distribuição de tamanhos destes parasitoides a cada localidade é continua ou agregada. Serão utilizados exemplares de Belytinae obtidos em 18 localidades entre os anos de 2000 e 2002, no projeto "Riqueza e diversidade de Hymenoptera e Isoptera ao longo de um gradiente latitudinal na Mata Atlântica - a floresta pluvial do leste do Brasil" (Biota/SP - Fapesp). Os exemplares de Belytinae identificados serão separados por localidade e posteriormente em morfoespécies. Na análise morfométrica será adotado o comprimento do mesossoma como índice do tamanho total do indivíduo. Será contado o número de exemplares de cada localidade e definida a riqueza (maior valor do total de morfoespécies obtidas em cada ponto). Para se observar se houve padrão de distribuição consistente ao longo do gradiente latitudinal aplicada regressão linear simples às curvas de dispersão de três variáveis (riqueza; índice de Shannon e índice de Pielou). Será feito um mapeamento da ocorrência, uma diagnose e ilustração das morfoespécies encontradas.