Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência e caracterização de Amostras de Escherichia coli diarreiogênica isoladas de crianças na cidade de Botucatu, São Paulo

Processo: 13/05170-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Rodrigo Tavanelli Hernandes
Beneficiário:Regiane Chrysostomo Bitencort Dias
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Diarreia   Epidemiologia   Escherichia coli   Microbiologia médica

Resumo

A diarreia infecciosa é considerada um dos grandes problemas de saúde pública mundial, sendo responsável por mais de dois milhões de mortes a cada ano, particularmente entre crianças abaixo de cinco anos de idade. É sabido que existem diversos agentes microbianos envolvidos nas diarreias infecciosas, sendo as bactérias e os vírus entéricos os mais comumente envolvidos neste processo. As amostras de E. coli associadas à infecções intestinal, tanto em crianças como em adultos, são conhecidas como E. coli diarreiogênicas e são classificadas em seis patotipos distintos, considerando os seus mecanismos de virulências específicos, as síndromes clínicas que causam, os sorotipos (O:H), os aspectos epidemiológicos e o tipo de interação com linhagens celulares cultivadas in vitro. Os patotipos de E. coli diarreiogênicas são: E. coli enteropatogênica (EPEC), E. coli enterotoxigênica (ETEC), E. coli enteroinvasora (EIEC), E. coli enteroagregativa (EAEC), E. coli enterohemorrágica (EHEC) e E. coli que adere difusamente às células epiteliais (DAEC). Atualmente, as EPEC têm sido divididas em típicas e atípicas tendo por base a presença de pEAF (com expressão do operon bfp) nas EPEC típicas e ausência deste nas EPEC atípicas. Estudos epidemiológicos conduzidos em diferentes regiões geográficas do Brasil, sobre a etiologia da doença diarreica, têm demosntrando que isolados de EPEC atípica e EAEC estão entre os patotipos mais frequentemente isolados. Estudos anteriores conduzidos na cidade de Botucatu no final dos anos 90, também apontaram para uma alta prevalência de EAEC entre crianças diarreicas. O papel de EPEC atípica como um importante agente causador de infecções do trato gastrointestinal pode ser reforçada pelo envolvimento dessa bactéria em surtos de diarreia aguda, comprometendo não somente crianças, como também índivíduos adultos. O principal objetivo do presente projeto compreende investigar a prevalência e a associaçào dos diferentes patotipos de E. coli diarreiogênica, entre crianças até 5 anos de idade na cidade de Botucatu com a doença diarreica, bem como caracterizar os isolados de E. coli diarreiogênica, em especial as amostras de EPEC atípica considerada atualmente, um patotipo emergente tanto em países desenvolvidos como em países em desenvolvimento.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DIAS, REGIANE C. B.; DOS SANTOS, BRUNA C.; DOS SANTOS, LUIS F.; VIEIRA, MELISSA A.; YAMATOGI, RICARDO S.; MONDELLI, ALESSANDRO L.; SADATSUNE, TERUE; SFORCIN, JOSE M.; GOMES, TANIA A. T.; HERNANDES, RODRIGO T. Diarrheagenic Escherichia coli pathotypes investigation revealed atypical enteropathogenic E-coli as putative emerging diarrheal agents in children living in Botucatu, SAo Paulo State, Brazil. APMIS, v. 124, n. 4, p. 299-308, APR 2016. Citações Web of Science: 16.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DIAS, Regiane Chrysostomo Bitencort. Prevalência e caracterização de amostras de Escherichia coli diarreiogênica isoladas de crianças na cidade de Botucatu, São Paulo. 2015. 58 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.