Busca avançada
Ano de início
Entree

Zonação em costões rochosos abrigados do Atlântico Subtropical: variação espacial e efeito do biofilme

Processo: 13/04184-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Marcel Okamoto Tanaka
Beneficiário:Jaqueline Cristiane Siquitelli
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/05669-9 - Discussão e análise de dados do projeto "zonação em costões rochosos abrigados do Atlântico Subtropical: variação espacial e efeito do biofilme", BE.EP.MS
Assunto(s):Ecologia de comunidades   Recrutamento   Costões rochosos   Biofilmes

Resumo

A determinação da zonação em costões rochosos tem origem multifatorial, perpassando por elementos físico-químicos até as variadas interações biológicas. Um exemplo ocorre na relação entre biofilme e cracas, visto que o primeiro pode apresentar influência no assentamento das últimas. O complexo de microrganismos varia de acordo com os fatores a que é submetido, podendo atuar no assentamento dos cirripédios positiva ou negativamente. Com o exposto, sugerimos que o biofilme influencie um padrão de zonação encontrado em costões rochosos abrigados da região subtropical. No mesolitoral desses ambientes, a zona de cracas é interrompida, havendo uma faixa inferior de rocha nua, exceto pela presença de biofilme e de poucos indivíduos competidores, até o infralitoral. Assim, o objetivo deste estudo é descrever a escala de variação espacial vertical e horizontal da comunidade do entremarés e avaliar a hipótese do biofilme como fator determinante do referido padrão. Para tanto, faremos uma descrição da comunidade bentônica em duas regiões do sudeste brasileiro e utilizaremos de abordagem experimental para analisar se o assentamento das cracas responde diferentemente à presença do biofilme e à altura em que esse é desenvolvido, bem como para inferir se há mortalidade de cracas com relação à altura da zona. Os resultados desta investigação permitirão gerar um quadro de referência sobre os costões abrigados na região. Adicionalmente, a análise do papel de biofilmes naturais no padrão descrito contribuirá para elucidar esse processo sob condições de campo e nos ambientes abrigados, abordagens que foram ainda pouco realizadas.