Busca avançada
Ano de início
Entree

Religião e política: uma análise da laicidade do estado a partir da atuação dos deputados evangélicos na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – ALERJ

Processo: 13/08521-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Teologia - Teologia Pastoral
Pesquisador responsável:Sandra Duarte de Souza
Beneficiário:Hugo Gonçalves de Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Teologia (FATEO). Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Instituto Metodista de Ensino Superior (IMS). São Bernardo do Campo , SP, Brasil
Assunto(s):Sociologia da religião   Política e governo   Modernidade   Religiões   Secularização

Resumo

Com o advento da modernidade e a intensificação do processo de secularização, as opções para responder às demandas sociais se ampliaram e descobriu-se o caminho da laicidade como um forte aliado à manutenção da liberdade do sujeito moderno. A partir de então, vive-se sob a regra de que as instituições políticas já não devem mais estar sob a legitimação do sagrado ou da religião. Esta pesquisa tem como objetivo principal estudar a relação entre Religião e Política na sociedade de modo a analisar a laicidade do Estado a partir da atuação dos deputados estaduais evangélicos na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro - ALERJ, observando as áreas de atuação política; investigando se existe uma ingerência da religião sobre o fazer política e verificando a prevalência de um tema específico em seus discursos. Para tanto, será desenvolvido um levantamento e sistematização de dados sobre os discursos dos deputados estaduais evangélicos da ALERJ, através dos meios disponibilizados pela própria Assembleia Legislativa e das publicações oficiais dos deputados evangélicos. Espera-se contribuir com os estudos no campo da teologia e enriquecer as pesquisas sobre a laicidade no Brasil a partir de uma perspectiva sobre o estado do Rio de Janeiro, abrindo caminhos que possibilitem melhores compreensões sobre este complexo fenômeno. (AU)