Busca avançada
Ano de início
Entree

MicroRNAs associados ao fenótipo metastático do melanoma

Processo: 13/04829-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Miriam Galvonas Jasiulionis
Beneficiário:Ana Carolina Monteiro
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/09179-1 - Função do miRNA-298 no desenvolvimento do melanoma metastático, BE.EP.DR
Assunto(s):MicroRNAs   Biomarcadores   Melanoma

Resumo

O melanoma, neoplasia originada da transformação maligna dos melanócitos, é o mais agressivo entre os tumores cutâneos. Esse tumor tem elevado potencial metastático e apresenta grande resistência aos tratamentos e, por isso, o melanoma metastático é atualmente considerado uma doença incurável. Entre as moléculas aparentemente envolvidas na gênese desse tumor estão os microRNAs. MicroRNAs (miRNAs) são pequenas moléculas de aproximadamente 22 nucleotídeos que regulam a transcrição gênica por degradarem mRNAs alvos ou por impedirem a tradução desses em proteína. Os miRNAs regulam aproximadamente 30% dos mRNAs humanos, sendo componentes essenciais do controle de diversos processos fisiológicos, entre eles, proliferação celular, desenvolvimento e apoptose. Estudos recentes indicam que miRNAs estão envolvidos na progressão do melanoma por alvejarem mRNAs de vias importantes nesse processo, porém pouco se sabe sobre o envolvimento dos miRNAs na aquisição do fenótipo metastático do melanoma. Além disso, essas moléculas são promissores biomarcadores tumorais. Foi desenvolvido em nosso laboratório um modelo murino de transformação maligna dos melanócitos, no qual linhagens celulares representando diferentes fenótipos associados ao melanoma foram estabelecidas após submeter a linhagem não tumorigência de melanócitos melan-a a ciclos sequenciais de bloqueio de ancoragem. Neste contexto, os principais objetivos deste trabalho são: identificar genes pró-metastáticos supra regulados na linhagem murina de melanoma metastático 4C11+ em comparação à linhagem de melanoma murino não-metastático 4C11-; identificar microRNAs que alvejam os mRNAs produzidos por esses genes e que tenham expressão diminuída na linhagem 4C11+ em relação à linhagem 4C11-; determinar a contribuição desses miRNAs no processo de metastização desse tumor. Além da perspectiva de melhor compreensão do papel de miRNAs no fenótipo metastático do melanoma, este estudo poderá resultar na identificação de miRNAs preditores de agressividade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONTEIRO, ANA CAROLINA; MUENZNER, JULIENNE K.; ANDRADE, FERNANDO; RIUS, FLAVIA EICHEMBERGER; OSTALECKI, CHRISTIAN; GEPPERT, CAROL I.; AGAIMY, ABBAS; HARTMANN, ARNDT; FUJITA, ANDRE; SCHNEIDER-STOCK, REGINE; JASIULIONIS, MIRIAM GALVONAS. Gene expression and promoter methylation of angiogenic and lymphangiogenic factors as prognostic markers in melanoma. MOLECULAR ONCOLOGY, v. 13, n. 6, p. 1433-1449, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.