Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade da microbiota no caldo fermentativo proveniente de canas-de-açúcar queimada e de corte mecanizado e o impacto no metabolôma da fermentação

Processo: 13/08431-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Labate
Beneficiário:Maria Leticia Bonatelli
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Metaboloma   Cana-de-açúcar   Transcriptoma

Resumo

A produção de etanol, a partir de cana-de-açúcar, representa uma importante fonte de energia renovável utilizado por automóveis no Brasil. Assim, muita tecnologia foi desenvolvida para que todo o processo - desde o plantio até a fermentação e destilação - ocorresse de maneira mais eficiente possível. Em 2007, no estado de São Paulo, foi estabelecido o Protocolo Agroambiental do Setor Sucroalcooleiro Paulista que focou em datas limites para queimada de cana e implementação da mecanização da colheita. A colheita mecanizada resulta em diferente disponibilidade de nutrientes no solo, o que pode representar uma modificação nos microrganismos ali presentes e, consequentemente, nos que habitam a cana-de-açúcar, bem como o aumento de inoculo microbiano presente nas folhas e colmos não eliminados pela queimada. Como consequência, pode haver modificação nos microrganismos presentes no processo fermentativo, modificando o padrão habitual dos contaminantes. Portanto, o presente trabalho pretende realizar um levantamento da microbiota presente em colmos de plantações de cana-de-açúcar que foram ou não queimadas para a realização da colheita, bem como, acompanhar os microrganismos contaminantes presentes nas dornas de fermentação, em diferentes etapas. Por fim, visando à caracterização da dinâmica destes microrganismos no processo fermentativo, análises do trancriptôma e metabolômica serão realizadas durante a fermentação, na ausência e presença de leveduras comerciais, para melhor compreender a relação estabelecida entre os contaminantes presentes no processo fermentativo e as leveduras comerciais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BONATELLI, MARIA LETICIA; IENCZAK, JACIANE LUTZ; LABATE, CARLOS ALBERTO. Sugarcane must fed-batch fermentation by Saccharomyces cerevisiae: impact of sterilized and non-sterilized sugarcane must. ANTONIE VAN LEEUWENHOEK INTERNATIONAL JOURNAL OF GENERAL AND MOLECULAR MICROBIOLOGY, v. 112, n. 8, p. 1177-1187, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
BONATELLI, MARIA L.; QUECINE, MARIA C.; SILVA, MARIANA S.; LABATE, CARLOS A. Characterization of the contaminant bacterial communities in sugarcane first-generation industrial ethanol production. FEMS Microbiology Letters, v. 364, n. 17 SEP 2017. Citações Web of Science: 7.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BONATELLI, Maria Leticia. Caracterização da comunidade bacteriana contaminante do processo fermentativo para produção de etanol e o impacto no metaboloma da fermentação. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.