Busca avançada
Ano de início
Entree

Scaffolds vitrocerâmicos bioativos aplicáveis à ortopedia e odontologia obtidos através de tecnologias tridimensionais

Processo: 13/07059-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Edgar Dutra Zanotto
Beneficiário:Murilo Camuri Crovace
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07793-6 - CEPIV - Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação em Vidros, AP.CEPID
Assunto(s):Sinterização   Enxerto ósseo   Prototipagem rápida   Vitrocerâmica   Tecidos suporte   Transplante ósseo   Biovidro

Resumo

Devido à crescente necessidade clínica, enxertos ósseos artificiais conhecidos como "scaffolds", baseados em materiais bioativos, estão sendo desenvolvidos. Muitos esforços têm sido realizados para eliminar os inconvenientes associados ao uso de enxertos autógenos (retirados do próprio paciente). Scaffolds são matrizes macroporosas, temporárias, que atuam como suporte para o crescimento do tecido ósseo, auxiliando na sua regeneração. Os scaffolds apresentam diversas aplicações em distintas áreas, como ortopedia e odontologia. A principal proposta deste projeto é a obtenção, através de tecnologias tridimensionais, de scaffolds vitrocerâmicos bioativos exibindo macroporosidade superior a 50%, com poros maiores que 300 µm, utilizando Biosilicato® e o vidro designado como "F18" como matérias-primas. O Biosilicato® é uma vitrocerâmica totalmente cristalina do sistema Na2O-CaO-SiO2-P2O5 desenvolvida pelo Laboratório de Materiais Vítreos (LaMaV) do DEMa-UFSCar. Este material tem sido extensivamente estudado e sua alta bioatividade já foi comprovada em várias publicações. Para a manufatura de scaffolds, utilizaremos duas técnicas de prototipagem rápida: a impressão 3D (ou 3D printing) e a sinterização seletiva a laser (ou selective laser sintering - SLS). Pretendemos desenvolver aditivos de processamento específicos para os pós dos materiais em questão. Pretendemos também comparar os scaffolds obtidos por estas duas técnicas em relação à macroporosidade alcançável, porosidade intrínseca e resistência mecânica, assim como explorar os limites de resolução de cada técnica, e estabelecer suas vantagens e desvantagens. Os novos desafios no desenvolvimento de scaffolds apontam para a utilização de materiais que apresentem alta bioatividade e atividade antimicrobiana, caso de algumas vitrocerâmicas especiais como o Biosilicato®, o que justifica nosso interesse em pesquisas que possam contribuir para a construção de conhecimento e desenvolvimento de tecnologia neste âmbito.

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
Implante com biovidro 

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação BR1020180720465 - Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) . Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação - 25 de outubro de 2018