Busca avançada
Ano de início
Entree

Decifrando a resistência do feijoeiro contra a doença antracnose: transcritoma e identificação de genes responsivos a interação compatível e incompatível Phaseolus vulgaris/Colletotrichum lindemuthianum

Processo: 13/06301-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Tsai Siu Mui
Beneficiário:Danielle Gregorio Gomes Caldas
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/23533-0 - Decifrando a resistência do feijoeiro contra a doença antracnose: identificação de relações quinases-clientes e caracterização de redes de sinalização em uma interação incompatível P. vulgaris/C. lindemuthianum, BE.EP.PD
Assunto(s):Antracnose   Feijoeiro   Análise de sequência de RNA   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)   Biologia molecular

Resumo

Os estudos transcritômicos e de expressão gênica do sistema-fitopatogênico Phaseolus vulgaris vs Colletotrichum lindemuthianum desenvolvidos no Laboratório de Biologia Celular e Molecular do CENA (USP) têm revelado grupos gênicos tecido-específicos que atuam no mecanismo de defesa do feijoeiro em relação ao patógeno da antracnose. No entanto, o perfil de transcritos decisivos para as respostas biológicas localizadas (célula-específicos) ainda não foram descritos para este sistema, podendo ser alcançado com o uso da combinação dos métodos de microdissecção a laser e sequenciamento de RNA. Como hipóteses deste trabalho estão: 1) existem diferenças de expressão gênica entre células de tecidos foliares durante a interação compatível (Diamante Negro vs. raça 81) e incompatível (IAC-UNA vs. raça 81) de feijoeiro vs. patógeno da antracnose (contato hospedeiro-patógeno); 2) existem diferenças de expressão gênica nas células adjacentes à região de contato hospedeiro-patógeno, considerando tempo de interação; 3) existe reprodutibilidade do modelo definido de genes relacionados à defesa em outros genótipos de feijoeiro resistentes à doença. Dessa forma, células-alvo de tecidos foliares infectados com C. lindemuthianum raça 81 serão excisadas por meio de microscopia de microdissecção a laser (Leica), de onde o RNA total será isolado e processado para sequenciamento no equipamento MiSeq Personal Sequencer (Illumina). As análises e comparações entre os dados transcritômicos obtidos serão realizadas com o uso de programas de bioinformática como o Galaxy, Blast2GO e MapMan. Os resultados obtidos serão validados através do método reverse trancriptase-PCR quantitativo (RT-qPCR). A validação destes como relacionados à defesa da planta será determinada testando-os em outros genótipos de feijoeiro resistentes a antracnose.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ISHIDA, JULIANE KARINE; CALDAS, DANIELLE G. G.; OLIVEIRA, LUCAS ROBERTO; FREDERICI, GABRIELA CAMPOS; PEREIRA LEITE, LUCAS MARGATO; MUI, TSAI SIU. Genome-wide characterization of the NRAMP gene family in Phaseolus vulgaris provides insights into functional implications during common bean development. GENETICS AND MOLECULAR BIOLOGY, v. 41, n. 4, p. 820-833, OCT-DEC 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.