Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da via de sinalização PI3K/Akt em leucemia mielóide aguda utilizando o monitoramento seletivo de íons (SRM)

Processo: 13/07675-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Vitor Marcel Faça
Beneficiário:Carolina Hassibe Thomé
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08135-2 - CTC - Centro de Terapia Celular, AP.CEPID
Assunto(s):Transdução de sinais   Tratamento do câncer   Apoptose

Resumo

As leucemias mielóides agudas (LMAs) são doenças com prognóstico geralmente desfavorável. Durante a leucemogênese ocorrem diversas alterações no genoma, transcriptoma, proteoma e interactoma que permitem o desenvolvimento da célula leucêmica. Esta surge como consequência da desregulação de inúmeras vias de sinalização celular, que capacitam as células à proliferação celular aumentada, diferenciação prejudicada e resistência a apoptose. Entre estas inúmeras vias de sinalização alteradas, o interesse da presente proposta relaciona-se aos mecanismos relacionados à via do PI3K/AKT que será estudada como um modelo de progressão inicial, proliferação, evasão e apoptose em células leucêmicas. Alterações descritas na via de sinalização PI3K/AKT levam a ativação constitutiva dos alvos downstream, como a quinase AKT. Nosso modelo está baseado no papel da proteína transmembrana adaptadora LAT2, bem como uso de inibidores ou indução da apopotose por drogas que alterem a via de sinalização do AKT em células hematopoiéticas. Para avaliar a regulação desta via, utilizaremos a abordagem proteômica dirigida (targeted proteomics), onde será montado um painel de peptídeos proteotípicos, correspondentes a fragmentos tripsínicos de proteínas relevantes da via PI3K/AKT. Este painel será utilizado para monitoramento de diferentes amostras (tratadas ou não com inibidores de quinases e/ou drogas antineoplásicas, ou ainda, nocauteadas para genes específicos), em larga escala, por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas, denominado SRM ou MRM (monitoramento de reações selecionadas, ou múltiplas). Com esta abordagem, pretendemos obter as informações funcionais, quantitativas e temporais das proteínas relevantes da via PI3K/AKT em culturas de células consideradas modelos de LMA. A identificação de proteínas alvos e o constante progresso no entendimento das vias de sinalização celular são fundamentais para o avanço no desenvolvimento de novas drogas específicas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, GERMANO AGUIAR; THOME, CAROLINA HASSIBE; SPER SIMAO, ANA MARIA; SCHEUCHER, PRISCILA SANTOS; ARAUJO SILVA, CLEIDE LUCIA; CHAHUD, FERNANDO; CIANCAGLINI, PIETRO; LEOPOLDINO, ANDREIA MACHADO; REGO, EDUARDO MAGALHAES; FACA, VITOR MARCEL; DOS SANTOS, GUILHERME AUGUSTO. The lipid raft protein NTAL participates in AKT signaling in mantle cell lymphoma. Leukemia & Lymphoma, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.
GRASSI, MARIANA LOPES; PALMA, CAMILA DE SOUZA; THOME, CAROLINA HASSIBE; LANFREDI, GUILHERME PAUPERIO; POERSCH, ALINE; FACA, VITOR MARCEL. Proteomic analysis of ovarian cancer cells during epithelial-mesenchymal transition (EMT) induced by epidermal growth factor (EGF) reveals mechanisms of cell cycle control. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 151, n. SI, p. 2-11, JAN 16 2017. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.