Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da cinética de crescimento de células de inseto Sf21 e produção de bioinseticida à base de baculovírus Anticarsia gemmatalis (AgMNPV) em biorreatores

Processo: 13/08149-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Aldo Tonso
Beneficiário:Guilherme Augusto Del Padre
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Reatores biológicos   Manejo integrado de pragas   Baculoviridae   Bioprocessos

Resumo

A Anticarsia gemmatalis multiple nucleopolyhedrovirus (AgMNPV) vem sendo usada como pesticida biológico para o controle da lagarta da soja, uma importante praga de plantações de soja no Brasil. Atualmente se produz AgMNPV através da infecção de lagartas (in vivo) e estuda-se a possibilidade da produção pela infecção de células em cultura (in vitro). Nesta direção, o presente projeto tem o objetivo de estudar a perda de virulência e a otimização dos parâmetros para a produção industrial do vírus selvagem e do seu variante em sistemas in vitro. Os estudos serão feitos usando a linhagem SF21 em cultivos com sistema estático e em seguida em processo descontínuo em biorreator. Após o crescimento, as células serão infectadas com o baculovírus Anticarsia clone viral AgMNPV 2D. Serão realizadas análises de crescimento de células viáveis pré e pós-infecção, do consumo de substrato (glicose e glutamato), da produção de lactato e de poliedros e da qualidade do pesticida produzido, através de morfologia e análise de DNA. Analisando os dados experimentais, espera-se ter maior conhecimento a respeito dos mecanismos moleculares que influenciam os baculovírus nas células hospedeiras. Através do isolamento e seleção dos clones virais Multiple Polyhedra (MP) mais estáveis e a partir dos parâmetros cinéticos provindos dos ensaios, acredita-se que será possível entender a perda de virulência, possibilitando, desta maneira, a produção em escala maior (biorreator) de um bioinseticida de alta patogenicidade e melhor qualidade da produzida em sistema in vivo.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PADRE, Guilherme Augusto Del. Estudo da cinética de crescimento de células de inseto Sf21 e infecção por baculovírus Anticarsia gemmatalis (AgMNPV) para a produção de bioinseticida.. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Politécnica São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.