Busca avançada
Ano de início
Entree

Epidemiologia do câncer de boca em cães: estudo multicêntrico

Processo: 13/10695-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Silvia Renata Gaido Cortopassi
Beneficiário:Priscila Pedra Mendonça
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Odontologia veterinária   Epidemiologia   Neoplasias   Cães   Boca

Resumo

A cavidade oral e a orofaringe ocupam o quarto lugar em prevalência de neoplasias malignas no cão doméstico. Dentre elas, o melanoma é a mais prevalente, correspondendo a um terço das neoplasias orais, seguido pelo fibrossarcoma e carcinoma espinocelular. Em geral, os machos são mais frequentemente acometidos que as fêmeas e a maioria dos casos atingem animais de média idade a avançada, ainda que não sejam raros os acometimentos em animais jovens. Raças como o Cocker Spaniel, o Pastor Alemão e o Boxer são amplamente citadas como as mais predispostas a formações neoplásicas. Muitos tipos de tratamentos já foram estudados além da cirurgia convencional, como a radioterapia, a quimioterapia, a criocirurgia, a terapia fotodinâmica e a imunoterapia ou a combinação de algumas dessas, porém o tratamento de escolha ainda é a excisão cirúrgica da neoformação. A busca pela prevenção, o diagnóstico precoce e tratamentos mais eficientes contribuem para um aumento significativo na sobrevida dos pacientes, e para tanto é de suma importância conhecer o perfil epidemiológico do paciente canino com câncer oral. O objetivo deste projeto é realizar uma análise retrospectiva e prospectiva dos cães com neoplasia oral, particularmente na cidade de São Paulo, entre o período de Janeiro de 2010 a Dezembro de 2013, no Laboratório de Odontologia Comparada do Hospital Veterinário de Pequenos Animais da FMVZ - USP, nos Serviços de Oncologia da Universidade Anhembi Morumbi e do Centro de Diagnósticos e Especialidades Veterinárias PROVET, e no Centro Odontológico Veterinário ODONTOVET, situados na cidade de São Paulo, com o intuito de estabelecer um perfil epidemiológico multicêntrico do paciente canino com câncer bucal.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MENDONÇA, Priscila Pedra. Perfil epidemiológico do câncer de boca em cães: estudo multicêntrico. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.