Busca avançada
Ano de início
Entree

Sonoridades Beckettianas: a criação vocal do intérprete

Processo: 12/12377-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Suely Master
Beneficiário:Manuel Fabricio Alves de Andrade
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Voz   Processo criativo   Atores

Resumo

Para Samuel Beckett, a atenção dada à performance vocal dos atores e atrizes que atuavam em suas peças era fundamental para concretizar seu projeto dramatúrgico. Beckett dirigiu algumas de suas peças demonstrando preocupação constante de como suas palavras seriam emitidas no palco. Para ele, contudo, o entendimento claro e lógico do que falam suas personagens não é mais importante do que a relação entre as sonoridades das palavras, os silêncios e as imagens no palco. A fala e a voz são elementos plásticos de composição da cena beckettiana tão importantes quanto os demais, compondo uma estrutura rigorosa de atuação, tanto corporal, quanto vocal, o que submete seus intérpretes a experiências limites em suas performances. Todavia, até o momento no Brasil não há um estudo que tenha se interessado especificamente pela complexidade que pode se configurar o trabalho de criação vocal do intérprete no teatro beckettiano. O objetivo dessa pesquisa é investigar como intérpretes brasileiros se prepararam vocalmente para encenar textos curtos do teatro de Beckett. A investigação parte de conceitos, como o de "voz performativa", que procuram elucidar a vocalidade em seu teatro, e da análise de seus textos dramatúrgicos curtos, mais especificamente das rubricas que remetem ao trabalho de voz. Estão sendo entrevistados dez artistas, diretores, atores, com reconhecida atuação no teatro de no mínimo dez anos, e que montaram profissionalmente algum texto teatral curto de Samuel Beckett no período de 1980 a 2012. As entrevistas passarão por uma Análise de Conteúdo, numa abordagem qualitativa, procurando estabelecer, a partir das respostas dadas, categorias/temas que serão discutidos de acordo com o referencial teórico anteriormente proposto.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANDRADE, Manuel Fabricio Alves de. Sonoridades beckettianas : a criação vocal do intérprete. 2014. 141 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Artes do Planalto..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.