Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação do perfil mutacional em melanomas cutâneos e impacto no padrão global de metilação de DNA

Processo: 13/10785-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Ana Cristina Victorino Krepischi
Beneficiário:Dimitrius Tansini Pramio
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Oncogenética   Metilação de DNA

Resumo

O melanoma é um tumor maligno que se origina nos melanócitos. Apesar de ser raro, o melanoma cutâneo é responsável por aproximadamente 75% de todas as mortes decorrentes de tumores neste sítio anatômico, sendo considerada uma doença agressiva e de difícil tratamento.Mutações nos genes BRAF e NRAS estão presentes em 25%-80% e 20% dos casos de melanoma cutâneo, respectivamente. As mutações que ocorrem com maior freqüência nestes genes resultam em um aumento da atividade catalítica de seus produtos, levando a uma ativação constitutiva das vias relacionadas com o controle do crescimento e proliferação celular.A metilação do DNA é um dos principais mecanismos de controle epigenético; nas células tumorais se observam tanto eventos de hipometilação global do DNA, quanto eventos de hipermetilação em regiões promotoras de genes supressores de tumor, que contribuem para o surgimento do fenótipo maligno. O status de metilação de DNA do genoma inteiro de inúmeras amostras pode ser investigado de maneira abrangente, a custo reduzido, utilizando tecnologias baseadas em microarranjos, como os bead array Illumina, que analisam simultaneamente >450.000 dinucleotídeos CpGs, representando 99% dos RefSeq gene.Propomos neste projeto realizar uma análise integrada do perfil global de metilação de DNA de um grupo de melanomas cutâneos, e correlacionar o padrão epigenético com o perfil mutacional dos genes BRAF, NRAS e KIT. Esperamos com esta estratégia auxiliar no delineamento de um painel epigenético característico de tumores portadores de mutação nestes genes, com a identificação de genes com expressão controlada por metilação de DNA, que desempenhem função relevante na tumorigênese do melanoma cutâneo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ARAUJO, ERICA S. S.; PRAMIO, DIMITRIUS T.; KASHIWABARA, ANDRE Y.; PENNACCHI, PAULA C.; MARIA-ENGLER, SILVYA S.; ACHATZ, MARIA I.; CAMPOS, ANTONIO H. J. F. M.; DUPRAT, JOAO P.; ROSENBERG, CARLA; CARRARO, DIRCE M.; KREPISCHI, ANA C. V. DNA Methylation Levels of Melanoma Risk Genes Are Associated with Clinical Characteristics of Melanoma Patients. BIOMED RESEARCH INTERNATIONAL, 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.