Busca avançada
Ano de início
Entree

Desigualdade social e redistribuição de renda na América Latina

Processo: 13/02954-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Estado e Governo
Pesquisador responsável:Fernando de Magalhães Papaterra Limongi
Beneficiário:Diego Sanches Corrêa
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/08536-1 - Instituições políticas, padrões de interação executivo-legislativo e capacidade governativa, AP.TEM
Assunto(s):América Latina   Desigualdade social   Legislativo   Instituições

Resumo

Os países latino-americanos figuram entre os mais desiguais do mundo e a tendência observada na segunda metade do século XX havia sido de agravamento desta situação. Desde o início dos anos 2000, entretanto, o nível de desigualdade social vem caindo como consequência direta de políticas redistributivas implementadas na maioria deles. Por que o nível de desigualdade social caiu mais durante algumas administrações presidenciais do que em outras? O objetivo deste projeto é responder a esta pergunta focando em determinantes institucionais, ao invés de estimar efeitos de programas sociais específicos. É sabido que a difusão de programas de transferência de renda condicionada, como o Bolsa Família no Brasil, a expansão de redes de proteção social e outras políticas redistributivas explicam a queda da desigualdade na região, mas por que há tanta variação temporal e internacional no montante investido em programas deste tipo? A hipótese testada por este projeto é a de que em países onde o processo decisório nas legislaturas é mais centralizado e o Executivo dispõe de maior controle sobre a agenda legislativa, o governo é mais capaz de resolver problemas de ação coletiva e atender a demandas populares por redistribuição de renda. Para testá-la, serão comparados países latino-americanos entre si e os dois períodos democráticos brasileiros.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DIEGO SANCHES CORRÊA. Cash Transfers and Mayoral Elections: The Case of Sao Paulo's Renda Mínima. Brazilian Political Science Review, v. 9, n. 2, p. 109-120, Ago. 2015.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.