Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das normas de recuperação de créditos de carbono, para aplicação em Miniestação de tratamento de esgoto

Processo: 12/22697-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Pesquisador responsável:Márcio Abud Marcelino
Beneficiário:Luigi Pitsch Carbonara
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Efeito estufa   Tratamento de esgotos sanitários

Resumo

Esse projeto de pesquisa integra o Sistema Queimador e Registrador de Biogás que, depois de patenteada a ideia de armazenamento e queima de biogás, o estágio atual é de homologação junto a órgãos oficiais, com o objetivo de adaptar o projeto original para a obtenção de crédito de carbono, originados pela queima de gás metano previsto no Protocolo de Kyoto. O sistema é de baixo custo e elevado índice de confiabilidade, visando sistemas de baixas vazões, no caso, o biogás produzido em miniestações de tratamento de esgoto, em que, devido à baixa e inconstante produção de biogás, não se justifica economicamente o seu aproveitamento energético, geralmente contemplando apenas a ênfase sanitária do tratamento do resíduo. O sistema é composto por um gasômetro tipo telescópio, construído com características próprias para armazenar o biogás gerado por qualquer processo de biodigestão e, depois de cheio, um circuito de controle responsável pela criação de uma histerese entre os níveis cheio e vazio, permite a queima intermitente através da liberação do biogás por uma válvula eletromecânica, de um ignitor eletrônico e de um protetor de chama, reduzindo 21 vezes o impacto ambiental com a transformação do metano em gás carbônico. O sistema conta com a opção de registrar o volume de biogás queimado, através de um microcontrolador que mantém as informações armazenadas, mesmo na ausência de energia elétrica, enviando a totalização de volume queimado através de comunicação serial, quando solicitado. Este projeto de pesquisa visa estudar os procedimentos e as normas que regem a recuperação de carbono, objetivando dar subsídios para adaptação do sistema atual.