Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção de compostos orgânicos voláteis produzidos por cianobactérias e seus efeitos na auto-regulação fisiológica de Microcystis SP

Processo: 13/05969-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Ernani Pinto Junior
Beneficiário:Simone Vieira da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Química analítica   Percepção de Quorum   Alelopatia

Resumo

Apesar dos diversos estudos sobre a presença de cianobactérias e a correlação entre fatores ambientais que influenciam ou que desencadeiam florações, é ainda incipiente a informação sobre o controle fisiológico e bioquímico da produção de metabólitos secundários, toxinas e compostos orgânicos voláteis (COVs) nestes organismos. Os COVs mais comumente encontrados em cianobactérias são a geosmina e o 2-metil-isoborneol, que resistem ao tratamento convencional da água, causam mau cheiro e alteram seu gosto, além de bioacumular em peixes e moluscos. Estudos sobre possíveis sistemas de competição (alelopatia) entre linhagens de cianobactérias, ou entre elas e outros organismos, como clorofíceas, podem contribuir para elucidação do papel da produção de COVs por cianobactérias. Dessa forma, os objetivos deste projeto são: (i) prospectar a produção de COVs por cianobactérias e avaliar seus efeitos na auto-regulação fisiológica de algumas cepas mantidas em laboratório; (ii) desenvolver métodos analíticos por GC-MS efetivos para determinação destes compostos e (iii) encontrar possíveis bioindicadores precoces da formação de florações. Serão realizados ensaios sobre o efeito de diferentes variáveis ambientais (luz, temperatura e pH) sobre a produção de COVs por cianobactérias. Para avaliar seus efeitos alelopáticos, exsudatos de diferentes culturas serão testados em cultivos mistos, ou com culturas mono-específicas. A produção de COVs será monitorada por GC-MS e os dados serão comparados por meio de softwares de análise metabolômica. Este estudo permitirá uma melhor compreensão da produção de COVs e seu papel para o crescimento e fisiologia de cianobactérias, e sua relação com estímulos ambientais. Espera-se que após o conhecimento sobre o papel dos COVs, alguns deles sejam utilizados para prever florações.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.