Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da função renal de pacientes em tratamento de leishmaniose tegumentar em um hospital de ensino

Processo: 13/07198-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Gilson Fernandes Ruivo
Beneficiário:Daniela Valentini Fernandes
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Taubaté (UNITAU). Taubaté , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia   Tratamento   Função renal

Resumo

As leishmanioses constituem um problema de saúde pública global sendo uma das seis infecções parasitárias mais frequentes no mundo, com prevalência de 12 milhões de doentes e incidência de 2.000.000 de casos novos por ano, onde 1,5 milhões são de leishmaniose tegumentar (LT). No Brasil, no período de 2001 a 2011 notificou-se 291.213 novos casos de LT. No tratamento da LT os compostos antimoniais são usados como primeira linha, sendo a N-metil-glucamina o fármaco mais utilizado devido sua maior atividade e menor toxicidade. Entretanto, demonstrou-se nefrotoxicidade com o seu uso, com risco para insuficiência renal aguda (IRA). O objetivo do estudo será verificar se há alteração da função renal, ou IRA durante o tratamento da LT. Com a aprovação do Projeto pelo Comitê de Bioética será iniciado um estudo transversal, com a coleta de dados de prontuários médicos, de fichas de notificação compulsória de 30 pacientes internados nas enfermarias de Clínica Médica do Hospital Universitário de Taubaté (HUT) / SP para tratamento de leishmaniose tegumentar, no período de 2002 a 2012. Utilizar-se-á um formulário para a coleta dos dados clínicos, epidemiológicos, laboratoriais e histopatológicos da LT. Para a classificação da lesão renal aguda ou IRA será utilizada a Acute Kidney Injury Network (AKIN). Os dados coletados serão analisados pelo software SPSS versão 19 e a significância estatística será considerada quando p-valor <0,05.